Cientista brasileiro faz paraplégicos caminharem

O resultado da pesquisa brasileira Projeto Andar de Novo foi publicado na revista Nature  neste mês de maio.

O fato – Dois paraplégicos conseguiram andar por meio de uma estimulação elétrica não invasiva que conecta cérebro e máquina e que permitiu aos pacientes darem comandos motores às pernas.

A Notícia – O sistema foi testado e validado com dois pacientes com paraplegia crônica. Eles foram capazes de caminhar 4.580 passos com segurança e com  suporte de peso corporal de 65 a 70%.


Toque na tela e assista ao vídeo em que o paraplégico movimenta as pernas com comando do cérebro. O trabalho de Nicolelis ficou famoso na Copa 2014, quando  um exoesqueleto também controlado pelo cérebro deu o pontapé inicial do mundial na Arena Corinthians
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Porque isso é importante – Ao publicar o vídeo do estudo no Twitter, o autor da pesquisa, o neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis escreveu: “Aqui novamente as imagens de um feito histórico da ‘balbúrdia’ da ciência brasileira!”, ironizando o modo ofensivo como o ministro da Educação, Abraham Weintraub tratou as universidades, quando anunciou o corte de verbas.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

2 × 4 =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend