Drones já entregam vacinas em regiões remotas

Serviço de Saúde de Gana, na África, usa drones para transportar medicamentos  até a zona rural

O fato – Foi bem-sucedido o uso de drones para entregar vacinas contra a febre amarela em regiões remotas da Gana.

A notícia – O governo de Gana lançou o serviço,  nesta quarta-feira, como parte de seu sistema integrado de saúde. A  Zipline, empresa que opera os Drones, é uma startup que recebeu US$ 41 milhões em investimentos da  Google Ventures e dos fundadores do Yahoo e da Microsoft (Fundação Bill e Melinda Gates). Em Gana, são utilizados 120 drones  que distribuem medicação, vacina e sangue para 2 mil postos de saúde.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Porque isto importa –  É o primeiro emprego civil e oficial de drones em um sistema de entrega de material sensível.  Os meios de transporte tradicionais como carros, motos, barcos e até mesmo aviões, são mais caros e estão inseridos em estratégias de logísticas que demandam mais tempo para repor estoques. Como as vacinas e bolsas de sangue têm um prazo de validade limitado, o uso dos drones “médicos” promete ser mais eficaz.  Gana saiu na frente nesta experiência tecnológica mundial que promete salvar vidas.

Em tempo – O material é lançado com um pequeno paraquedas.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

dez − quatro =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend