Vírus de computador faz caixa eletrônico “cuspir” dinheiro

O blog da empresa de segurança Kaspersky informou que um programa malicioso pode transforma caixas eletrônicos em máquinas  caça-níqueis

O Fato –  A empresa de antivírus Kaspersky alertou os bancos sobre a ameaça do WinPot – um malware (programa de computador mal-intencionado) que  transforma caixas eletrônicos em caça-níqueis.

A Notícia – O vírus tem a capacidade de computar quantas e quais notas estão disponíveis e permite, com apenas um comando, o controle da liberação de cédulas. O programa tem uma janela que simula uma máquina de caça-níqueis de cassino e, uma vez instalado, dá ao hacker uma “vitória garantida”.  A tela apresenta um botão de verificação (scan) que é usado para contar notas e um de parar (stop) que interrompe o saque para não levantar suspeitas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Porque isso é importante – A existência do WinPot não chega a ser uma novidade. Ele é negociado por hackers na internet profunda – dark web – desde 2017, mas agora recebeu uma nova versão: a WinPot v.3.  O ataque não atinge uma conta corrente específica, mas exige que o golpista atue diretamente na frente do caixa. Ele precisa ter acesso a uma porta USB para contaminar o equipamento do banco. De acordo com a  Kaspersky, os hackers costumam contratar “mulas” para ficar à frente dos caixas, enquanto os especialistas agem, remotamente, a distância. É mais um golpe na praça que se soma aos de entradas falsas de cartão, câmeras escondidas, teclados falsos e os chamados chupa-cabras que copiam os dados da tarja magnética do correntista.  Por isso, é bom ficar atento a qualquer movimentação estranha nos auto-atendimentos.  Informe seus familiares.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

oito + treze =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend