Siga o Jornal de Brasília

TechIn

Prisões dos EUA gravam os detentos para formar um gigante banco de dados de reconhecimento de voz

Brasília de Fato

Publicado

em

As autoridades estão adquirindo tecnologia para extrair e digitalizar as vozes de presos em assinaturas biométricas únicas, conhecidas como impressões de voz. A informação é do Intercept

O Fato – Prisões nos EUA estão construindo bancos de dados biométricos que incluem o reconhecimento de centenas de milhares de “impressões de voz” de indivíduos.

A Notícia – Prisões em Nova York, Texas, Flórida, Arkansas e Arizona confirmaram que estão usando a tecnologia para melhorar a segurança e combater fraudes. A tecnologia gera uma identificação única para cada voz, como se fosse uma impressão digital.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Porque isso importa – Os desenvolvedores usaram U$ 50 milhões dos recursos do Departamento de Defesa americano destinados a identificar chamadas feitas por supostos terroristas e suspeitos de crimes. Os encarcerados estão sendo convidados e ceder amostras para o Sistema de Vigilância de Voz. O sistema faz “mineração” das vozes em qualquer ambiente. Bom contra os criminosos, apenas contra criminosos.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *