Siga o Jornal de Brasília

Sexy Night

A importância da higiene intima

Publicado

em

Higiene intima

Pode parecer um tanto absurdo ter um texto somente sobre higiene intima, mas a verdade é que precisamos com urgência falar sobre isso, por que?

Porque sexualidade também tem a ver com higiene. Como citado em alguns textos anteriores, nossa sexualidade envolve nosso autoconhecimento, nossa relação com outras pessoas e claro, nossa percepção acerca do nosso corpo.

Mas não é só tomar banho que resolve? Infelizmente não. Inclusive, grande parte das pessoas não sabem fazer a higiene intima corretamente. Por exemplo: quantos de vocês homens lavam as mãos antes de urinar? Pois é, criar esse hábito é essencial para a não proliferação de bactérias e fungos, além de evitar o mau cheiro e um futuro câncer no pênis.

Sendo assim, o ideal é retrair o prepúcio (pele que recobre a glande) e lavar com água e sabão, retirando todo o esmegma (secreção branca que contém gordura e células descamadas que são produzidas pelas glândulas do pênis). Além disso a higiene deve se estender a virilha, testículos e ânus. Quando forem apenas fazer xixi, criem o hábito de enxugarem o excesso com papel higiênico.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Já aqueles que não operaram de fimose (Incapacidade de expor a glande devido ao estreitamento do prepúcio) o cuidado deve ser redobrado, pois as chances de acúmulo de sujeira são maiores. O uso de camisinhas é obrigatório, pois as bactérias podem passar de um organismo para o outro assim como fungos e demais DST’s.

Em relação a higiene das mulheres, muitas também são as que não sabem se higienizar corretamente. Mas atenção: não é necessária a higiene dentro da vagina e sim na vulva (parte externa composta pelos pequenos e grandes lábios). E assim como nos homens, mulheres também possuem esmegma na vagina o que por sua vez pode ocasionar mau cheiro e doenças. Outro ponto relevante é que a limpeza deve ser feita no sentido da vagina para o
ânus, evitando o contato de resíduos anais com o genital.

Já relacionado a depilação as questões são diversas. Estar depilado não é sinônimo de estar limpo, inclusive, os pelos servem para evitar que bactérias e outros microrganismos entrem em contato com a região intima, principalmente das mulheres, causando inflamações e possíveis danos. Sendo assim, o tipo de depilação deve ser levada em consideração ao se falar de limpeza, visto que a retirada dos pelos de uma forma excessiva e/ou frequente pode lesionar os poros e a pele deixando-os exposto para bactérias e fungos.

Concluímos então que higiene intima é tão importante quanto escovar dentes. Certo? Isso significa que não importa como é sua depilação desde que você cuide bem da sua região intima. Afinal, nada melhor do que apreciar um sexo oral sem preocupações. E para os que tem receio quanto ao cheiro, criem o hábito de sentirem o cheiro de suas roupas intimas antes do banho. Só assim você saberá se seu cheiro está diferente. E convenhamos, se você não gosta do seu cheiro, por que alguém teria que gostar? Cuide de você e do seu corpo, ele agradece e nós também.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼
Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta