Playboy volta a publicar fotos de nudez um ano após removê-las

A revista Playboy, que há um ano decidiu parar de publicar fotos de nudez, anunciou nesta segunda-feira o retorno à antiga tradição.

O anúncio veio do recém-nomeado chefe criativo, Cooper Cooper Hefner, filho do fundador da Playboy, Hugh Hefner.

“Eu vou ser o primeiro a admitir que a maneira como a revista retratava a nudez era antiquada, mas removê-la completamente foi um erro”, disse Cooper Hefner em um comunicado publicado no Twitter.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


“A nudez nunca foi o problema porque a nudez não é um problema. Hoje estamos recuperando nossa identidade”, acrescentou.

A Playboy divulgou a edição de março/abril com uma foto no Twitter de sua Playmate do Mês e a hashtag #NakedIsNormal (Nu é normal).

Ao mesmo tempo, Cooper Hefner publicou um ensaio que atualizava “a filosofia da Playboy” que tinha sido adotada por seu pai, que agora tem 90 anos.

“Ficou claro que o objetivo do meu pai ao lançar a Playboy era promover uma conversa saudável sobre sexo, além de encorajar o diálogo sobre opiniões sociais, filosóficas e religiosas”, escreveu.

“No entanto, muitos interpretaram mal essa mensagem ou não a entenderam, escolhendo em vez disso focar no retrato sem remorso da nudez e da sua abordagem revolucionária do sexo. (…) E esta é a ironia final, dado que o sexo figurativamente é o big bang por trás da sua existência, da minha existência, de toda a existência consciente e da civilização em si”, acrescentou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

A Playboy parou de publicar imagens de nudez a partir de sua edição de março de 2016, como parte de um esforço para ampliar sua audiência on-line e impressa.

A circulação da revista caiu drasticamente com a multiplicação de pornografia e conteúdo sexual na internet.

O anúncio desta segunda-feira marca um novo rebranding – que também remove o “Entretenimento para homens” de suas capas.

“A Playboy sempre será uma marca de estilo de vida focada nos interesses dos homens, mas como os papéis de gênero continuam evoluindo na sociedade, nós também continuaremos”, disse Cooper Hefner.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

2 × 4 =

Send this to a friend