Rapidinhas de Foz

Sabe aquilo que ninguém quer falar? Aqui você vai ler

Após um período afastado desta coluna em função de ter coordenado a campanha de Mire Balotin para deputado Federal, retorno as minhas atividades diárias neste portal com a Coluna Foz em Foco. Nesta semana em função do meu desligamento de outras atividades, a coluna estará um pouco.

Simepar vai avaliar situação de 461 barragens existentes no PR

Com os desastres ocorridos em Minas Gerais donde ninguém vai preso e tudo fica como antes nos reinos dos Abrantes, poucos conseguirão enterrar os seus mortos naquele mar de lama.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Preocupado com isto, o governo de Ratinho Jr. escolheu o Simepar para auxiliar no processo de monitoramento das nossas barragens porque o órgão, sediado no Centro Politécnico da Universidade Federal do Paraná, em Curitiba, desenvolve atividades de serviços nas áreas de meteorologia, hidrologia e meio ambiente. Segundo apuramos, a nossa barragem de Itaipu é uma das mais seguras do mundo e a sua segurança está prevista para mais 200 anos, segundo os técnicos.

O Governo do Estado fará um contrato de gestão com o Simepar para avaliar a situação das 461 barragens existentes no território paranaense. Foto: Jaelson Lucas / ANPr

Pra aqueles que defendem este modelo de privatização como ocorreu na Vale, é o que no passado se chamava de caracu. Eles entram com a cara e bem….o restante todos já sabem pois quando acontece um desastre eles entregam a fatura para nós pagarmos com envolvimentos de hospitais, bombeiros e tudo que se faça necessário para socorrer os nossos irmãos, enquanto eles, bem. Eles estão no ar condicionado sem pôr o pé na lama auferindo os lucros.

Enquanto isto…

O Simepar a escolhido para avaliar a situação das 461 barragens existentes no território paranaense vai auxiliar neste processo porque o órgão, sediado no Centro Politécnico da Universidade Federal do Paraná, em Curitiba, desenvolve atividades de serviços nas áreas de meteorologia, hidrologia e meio ambiente. Em paralelo, duas unidades que abrigam eesíduos minerais, em Cerro Azul e Campo Largo, serão vistoriadas nessa semana. Os trabalhos serão monitorados pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ambiental e Turismo (SEDAT).

Segundo apuramos, a maioria das barragens localizadas no Paraná são  para uso de irrigação, abastecimento de água, geração de energia, proteção de meio ambiente e recreação. Tamú de olho.

Procon/Pr aperta o cerco contra as fraudes

O Procon/Pr disponibilizou em seu site um mecanismo para denúncias de consumidores que estão recebendo notas fiscais sem as informações sobre os tributos que incidem na compra de produtos e serviços. O órgão é vinculado à Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho. De acordo com o secretário nomeado da Justiça, Ney Leprevost, a ferramenta possibilita ao consumidor a facilidade de denunciar sem sair de casa, além de estimular que cada cidadão confira e exija que seus direitos – e especial, o direito à informação, seja respeitado de forma plena. Na nova ferramenta, o consumidor poderá anexar as notas fiscais que comprovem a falta da informação sobre os tributos, o que desatende ao contido expressamente no Código de Defesa do Consumidor.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

Reunião discutiu projetos de sustentabilidade para municípios ou apenas enxugou gelo?

O tema foi discutido pelo secretário do Desenvolvimento Urbano, João Carlos Ortega, e representantes da Copel e do Paranacidade. Projetos que resultem na redução dos gastos com energia estão entre as possibilidades para a assinatura de novos acordos.

Avançar com novos projetos de sustentabilidade e inovação nos municípios foi o foco de uma reunião, ocorrido nesta semana em Curitiba, entre o secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, João Carlos Ortega, e representantes de outros órgãos e empresas do Estado. Participaram do encontro a superintendente da Coordenação de Meio Ambiente e Responsabilidade Social da Copel, Jocéli de Andrade Bogusz, a coordenadora e o articulador dos Objetivos de Desenvolvimento Social (ODS), do Serviço Social Autônomo (Paranacidade),respectivamente, Carla Pimentel e Geraldo Farias.

Governador Carlos Massa Ratinho Junior durante reunião com a equipe de governo. Foto: Maurílio Cheli/ANPrr

“É preciso aproximar e promover sinergia entre todas as frentes dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, como prega o Pacto Global da ONU, avançar em todas as áreasde atuação e, ao mesmo tempo, respeitar as várias células em atividade”, destacou Ortega.

Confesso que eu esperava ouvir uma proposta para diminuir a tarifa para nós os consumidores a respeito dos valores da nossa energia que veio muito salgada. “Alguns municípios já implantaram projetos nesse sentido, com o uso de iluminação LED, por exemplo. A atuação conjunta entre Secretaria do Desenvolvimento Urbano e a Copel poderá ampliar ainda mais osresultados”, adiantou o secretário Ortega.

Rio Boicy…Desastre anunciado

Quem passa na rua Mato Grosso sentido Felipe Wandscheer sabe que ali ao lado dos condomínios passa o rio Boicy que vai aos poucos aumentando de largura no sentido dos condomínios, ao longe já se percebem prédio rachando. Aquilo até para os transeuntes está uma m…. para se atravessar, o “m” é uma referência ao batismo do rio dito pelos Iguaçuenses.

Queria um este rio na minha cidade, iria abastecer 700 mil pessoas pra ser tão desprezado. Tantos com muitos e muitos com desprezos.

Rio Boicy. Foto: Reprodução/Internet

Câmara de Vereadores

Ainda sonolenta, aos poucos os parlamentares vão retornando as atividades. Muitas intrigas e fofocas de bastidores os vereadores vão tentando costurar as suas atividades. Promete fortes emoções e este jornalista tem um repertório muito bom destas intrigas para o deleite dos
expert em intrigas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Rádio Itaipu Fm

Agradeço ao Eduardo e Dona Antonina pelos meses tocando o programa jornalístico Dial Itaipu. Muitas notícias de bastidores vieram ao meu conhecimento sobre a quebra do acordo entre nós. Fato é, o Jura está saindo da rádio e eles não iriam contratar outro técnico e como o nosso programa era deficitário por falta de um comercial, resolvemos amigavelmente encerrar na sexta nossas atividades, pedimos desculpas aos nossos ouvintes. Quero agradecer a minha equipe, os jornalistas Miguel Alves do Brasília de Fato, este portal que tem 2 milhões de acessos, o articulista político Ricardo Albuquerque, Juka, Abílio Bottega, Bruna Paz e Jura. Pra vocês um forte agradecimento, quem sabe em breve não estaremos juntos em outra
oportunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

4 × um =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend