Papo Woow – Chá de Kombucha

Kombucha

Olá meus Amigos!

Achei super interessante o que assisti na televisão em uma reportagem sobre o LOLLAPALOOZA e decidi pesquisar e apresentar para vocês.

Mais de nove artistas desse festival fizeram um mesmo pedido para o camarim: um chá milenar oriental, com um nome que ainda não sei pronunciar, rsrsrs: chá de Kombucha!

Mas porque será que tantos artistas exigiram esse chá antes das apresentações? Então vamos lá!

Através de pesquisas, consegui entrar em contato com esse fantástico médico detentor de inúmeros títulos que descreverei no final deste bate-papo.

É com muito prazer que faço o nosso Bate Papo wooooow de hoje, com o ex-presidente da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN), Dr. Durval Ribas Filho, que foi o coordenador científico da pesquisa sobre o Kombucha.

Precisamos saber inicialmente como é a sua produção, confesso que não achei tão simples assim.

É uma bebida artesanal, levemente gaseificada, que surge da fermentação do chá preto adoçado com açúcar.

O líquido resultante é uma combinação de microorganismos (leveduras e bactérias), benéficos à saúde. Para sua produção é preciso cultivar um scoby (uma cultura viva, de aspecto gelatinoso, parecida com uma massa de panqueca, composta por bactérias e leveduras) junto a 10% do chá da safra anterior.

Esse scoby é adicionado a um recipiente de vidro com aproximadamente três litros de chá preto com açúcar em temperatura ambiente, coberto com um pano limpo para que ele possa respirar e se reproduzir. Ao fim de dez dias, em média, o scoby resulta em um “filhote” e a bebida finalmente está pronta para o consumo. Ah, sim. Antes deve ser coada…

O médico nutrólogo Durval Ribas Filho afirma que os benefícios do Kombucha estão no fato de esses microorganismos habitarem a microbiota intestinal. “Tais bactérias são as chamadas bactérias do bem. Se você as tem em grandes quantidades no organismo, tem uma boa imunidade”, afirma.

Ele complementa que essas bactérias do bem, quando fermentadas, liberam substâncias que vão agir no núcleo da saciedade, o que ajudaria na perda de peso.

“Esses microorganismos também agem melhorando o metabolismo, o que provoca as sensações de bem-estar, energia e disposição.”

Contra indicações

“O chá não deve ser consumido por pessoas com baixa imunidade, gestantes, crianças e idosos, pois eles possuem o sistema imunológico mais frágil e suscetível à infecções oportunistas”, ressalta Ribas Filho.

Agora podemos entender tamanha disposição e energia desses astros em suas longas apresentações. Não podemos afirmar que seja somente a utilização desse composto, mas que faz bem, protege o organismo e melhora a disposição… isso é verdade!

Curiosidade

“Os adeptos consomem de dois a três copos do chá por dia e afirmam sentir melhoras na saúde como um todo”, afirma Dr. Ribas

Quer saber mais?

Fiquei tão interessada sobre o assunto que descobri que teremos em Brasilia um curso sobre o Kombucha.

Segue as informações: 

Data: 20 de maio (sábado) das 9 às 12h
Local: Mercado Municipal (509 Sul)

Investimento: 

Até 28/2: R$ 160 transferência bancária ou 2x de R$ 90 no cheque (entrada + 30 dias)
De 1/3 a 31/3 : R$180 transferência bancária ou 2x de R$ 100 no cheque (entrada + 30 dias)
De 1/4 a 30/4: R$ 210 transferência bancária ou 2x de R$ 115 no cheque (entrada + 30 dias)
De 1/5 até a data do curso: R$ 240 transferência bancária ou 2x de R$ 130 no cheque (entrada + 30 dias)

Inscrições: [email protected] / www.carota.com.br / whatsapp 61 99273-9002
Mais informações nos telefones 61 3547-9273 e 99273-9002.


Nosso entrevistado

Dr. Durval Ribas Filho
Mestre e Doutor em Medicina pela FAMERP/SP
Médico Especialista em Nutrologia, Endocrinologia e Clínica Médica pelo Conselho Federal de Medicina/CFM
Professor de Nutrologia da Faculdade de Medicina da Fundação Padre Albino/FAMECA/SP
Coordenador Cientifico do Curso Nacional de Pós Graduação em Nutrologia /CNNUTRO
Professor de Pós Graduação em Nutrologia pela Associação Brasileira de Nutrologia/ABRAN
Membro Titular da Câmara Técnica de Nutrologia do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo/CREMESP.
Vice-Presidente da Associação Latino-Americana de Nutrologia/ALAN Diretor de Desenvolvimento da UNIMED/Catanduva-SP
Vice-Presidente do São Domingos Saúde/Catanduva-SP
Ex Presidente da Associação Brasileira de Nutrologia/ABRAN

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

um × 1 =

Send this to a friend