Fogo amigo: a peleja entre Eduardo Bolsonaro e Silas Malafaia

A peleja nas redes sociais entre o deputado federal, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o pastor Silas Malafaia ganhou mais um capítulo com o contra ataque do deputado 

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente da República, recorreu ao Twitter para responder às críticas feitas a ele pelo pastor evangélico Silas Malafaia.

Para quem não sabe, Malafaia havia tuitado que brasileiros ilegais “em nações poderosas” não são “vagabundos nem pilantras, pelo contrário, trabalhadores que foram tentar a vida fugindo do desemprego”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Na resposta ao pastor, o deputado lembrou que também já trabalhou nos Estados Unidos “lavando pratos com mexicanos e peruanos numa cozinha cercada de neve” nos Estados do Maine e Colorado. “Sei como é”, escreveu Eduardo.

Sem panos quentes

Respeite aliados e deixe de bajular guru, diz Silas Malafia para Eduardo Bolsonaro

Sabedor da verborragia do pastor, Eduardo Bolsonaro tratou de colocar panos quentes na rusga: 

“Mas te entendo, também ficaria bravo se alguém generalizasse os brasileiros no exterior”, concluiu Eduardo em seu tuíte.

Porém não adiantou, Silas Malafaia não engoliu a resposta de Eduardo Bolsonaro e tratou de mandar uma tréplica:

O guru citado pelo pastor é Olavo de Carvalho, que mora nos Estados Unidos e esteve presente em todas as reuniões de Bolsonaro no país desde que o último domingo (17).

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

Segundo informações, há uma disputa entre ‘Olavistas’ e outros grupos dento da base aliada do governo.

Enquanto isso, o fogo amigo aumenta a temperatura na base aliada em plena negociações para votação da reforma da Previdência.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

3 × 3 =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend