Senador Izalci Lucas: o mineiro que faz jus ao ditado

O bom mineiro mantém a tradição de comer mingau quente pelas beiradas e em silêncio, o senador Izalci Lucas (PSDB-DF) deu uma demonstração que faz jus ao ditado

Por Mino Pedrosa e BDF 

Na votação para a presidência do Senado Federal Izalci em sintonia com o Planalto atuou como peça fundamental no tabuleiro de xadrez que colocou o favorito rei, Renan Calheiros (MDB-AL), em xeque-mate. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O novo presidente do Congresso, o jovem Davi Alcolumbre (DEM-AP) foi testemunha ocular do trabalho de convencimento entre os novos ocupantes do Salão Azul. No PSDB Izalci convenceu o cacique tucano, Tasso Jereissati a retirar sua candidatura e engrossar o coro contra Renan (MDB-AL).

Junto aos novatos, Izalci mostrou a necessidade de renovação da mesa com um novo perfil para condução da Casa Alta do Congresso Nacional, acompanhou a votação praticamente abraçado a urna e viu em loco os votos depositados na vitoriosa campanha de Davi, demonstrando que nos dias atuais, Davi continua derrotando Golias (Renan).

Após a vitória de Alcolumbre, um jantar para seletos convidados na residência oficial do presidente do Senado Federal, a poucos metros da casa de Renan, o novo presidente ergueu o braço de Izalci em agradecimento e creditando ao senador candango a vitória.

Para selar o agradecimento o novo presidente do Congresso Nacional na abertura dos trabalhos da nova legislatura na presença do presidente do STF, Dias Toffoli, do Ministro Chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni e da Procuradora Geral da República, Raquel Dodge, Alcolumbre convidou Izalci Lucas a ocupar um assento na mesa, sinalizando a toda classe política que as mudanças não param por aí, Izalci pode ser o braço direito e esquerdo de Alcolumbre nesta legislatura.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

Por isso, já sinalizou ao senador candango um assento na mesa seguindo o velho ditado:

“Se quiser chegar rápido vá sozinho, se queres chegar longe, vá sempre acompanhado”!

1 Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

três × 2 =

  • Bom dia!!!!
    No meu entendimento, este senhor não fez mas que sua obrigação. Espero que nestes 8 anos, ele possa buscar através de projetos, leis, verbas, a devida valorização ao DF. Às vezes ficar quieto e não fazer nada, é muito pior que tentar. Espero tbm que da próxima vez, ele possa dar o devido apoio ao Jabá. Ele sabe quem é. Talkey?
    Grande abraço!
    Carlos

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend