Ministra ironiza Gisele Bündchen e convida übermodel para governo Bolsonaro

Ativista ambiental, reconhecida mundialmente pelos seus trabalhos dentro e fora das passarelas,  modelo brasileira Gisele Bündchen entrou de vez na mira da ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

Como todos sabem, Gisele é defensora ferrenha do meio ambiente e após criticar publicamente a legislação brasileira e atuação do novo governo na área, a ministra Teresa Cristina saiu em defesa do governo Bolsonaro afirmando que übermodel não tem conhecimento de causa.

Nas palavras da ministra durante entrevista a Jovem Pan “é um absurdo o que fazem hoje com a imagem do Brasil. Infelizmente são maus brasileiros. Por algum motivo vão lá fora levar uma imagem do Brasil e do setor produtivo que não é verdadeiro. País nenhum do mundo que tenha lei como a nossa”.

Para Teresa a top model deveria “ser embaixadora e dizer que seu país preserva, está na vanguarda do mundo na preservação e não meter o pau no Brasil sem conhecimento de causa”.

“Na Jovem Pan sinalizei que a Gisele Bündchen podia ser embaixadora do Brasil para mostrar que produzimos alimentos para o mundo preservando a natureza. A modelo vai receber, em breve, convite nosso”, escreveu a ministra.   

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


A supermodelo é embaixadora da boa vontade da ONU para o meio ambiente. Ela realiza pronunciamentos e discursos salientando a importância da preservação ambiental na tentativa de manter a biodiversidade do planeta.

No governo de Dilma Rousseff, Gisele foi contra a aprovação do código florestal e, recentemente, fez duras críticas ao governo de Michel Temer sobre o decreto de extinção da Reserva Nacional de Cobre (Renca).

Com informações da Ansa 

 

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

onze + 19 =

PUBLICIDADE

Mais lidas

PUBLICIDADE

Send this to a friend