Siga o Jornal de Brasília

Bastidores de Fato

GDF: a herança maldita de Rollemberg

Publicado

em

Reconhecendo o mal desempenho na campanha eleitoral de 2018, onde busca a reeleição, o governador Rodrigo Rollemberg começa a montar uma arapuca para complicar e muito a vida de seu sucessor.

Contratos de serviços essenciais são guardados nas gavetas com faturas atrasadas, provocando uma reação em cadeia de paralisação dos serviços. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) essencial para salvar vidas sofreu um duro golpe na semana passada.

A empresa Vanerven Solution prestadora de serviço na triagem dos atendimentos através do 192 suspendeu o serviço devido ao acumulo de faturas atrasadas, o que obrigou os servidores a paralisar o serviço, causando um verdadeiro desespero dos médicos e enfermeiros que tiveram de se deslocar para atender as chamadas telefônicas, mudando e dificultando o atendimento com o sistema de salvar vidas.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Diante do caos os servidores denunciaram à Câmara Legislativa do DF, que enviou dois representantes da Comissão de Saúde, Celina Leão e Bispo Renato. A servidora Neide Neiva, que passava pela Central, viu a movimentação e apesar de estar de licença e em campanha por uma cadeira da Câmara Distrital, lutou pelos companheiros que estavam na ponta do serviço que mais uma vez devido à falta de gestão, ficou prejudicado.

Celina Leão constatou inloco a deficiência do setor e junto ao representante da comissão de saúde da CLDF, Bispo Renato Andrade, notificou a Secretaria de Saúde do DF pedindo explicações do abandono de um setor essencial para salva vidas.

O Samu precisa de investimento e está sucateado, assim como vários setores em fim de governo. A leoa feroz vai rugir alto aos ouvidos de Rollemberg, que ao tomar conhecimento da blitz comandada pela parlamentar, determinou que os Bombeiros assumissem o serviço em caráter emergêncial.

Rodrigo Rollemberg já percebendo a derrota na reeleição continua agindo, armando arapucas para seu sucessor encontrar o governo todo endividado. Há quem diga que hoje em dia até o café já está frio no Buriti.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta