Jofran Frejat: o retorno de cara nova

Esta quinta-feira (19), amanhece com o desfecho do imbróglio que havia feito Jofran Frejat (PR-DF), desistir de sua candidatura rumo ao Palácio do Buriti

Por Mino Pedrosa

O encontro com o presidente nacional do Partido da República (PR), Waldemar da Costa Neto, pela terceira vez desde que se instalou a crise está servindo para justificar a fraqueza da desistência e a manobra que ceifou a cabeça do diabo no retorno.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Em encontro na terça-feira (17), Frejat se acertou com Arruda e cobrou o direito na indicação do vice.  Na manhã de ontem, José Roberto Arruda (PR-DF) se encontrou com Nelson Tadeu Filippelli (MDB-DF) sem testemunhas e o convenceu de que ele estava sendo o estorvo que impedia o retorno de Frejat. Com isso, Filippelli convencido por Arruda, foi até a mansão  de Frejat e abriu mão da indicação do vice-candidato na chapa majoritária. No diálogo Filippelli reconhece ser o pivô da crise: “não serei empecilho indicando o vice, retiro a indicação e deixo você a vontade, mas, reitero o apoio do MDB-DF integralmente”. Ligou para o Correio Braziliense para vazar a notícia em primeira mão na tentativa de amenizar o mal estar com o diretor presidente Álvaro, após o desastroso vazamento da reunião na casa do pandorista, empresário, José Celso Gontijo.

Com isso o diabo apontado por Frejat ganha nome e endereço. Filippelli perde o comando que tinha e Arruda continua nas sombras de Waldemar da Costa Neto, que agora negocia o espaço do Partido no eventual governo de Frejat. A manobra de Frejat tem saldo positivo: afasta o diabo sem entregar a alma e de quebra ganha um aumento na popularidade tirando o peso da escória de sua campanha. Vale a pena ressaltar que apesar de todo o chilique, o bom velhinho só conseguiu esvaziar Filippelli, mas, continua entrelaçado com José Roberto Arruda.

A reunião anteriormente ensaiada para ser na mansão de Frejat, foi transferida para a sede do  PR nacional e não pôde ser registrada porque o presidente nacional do PR estava recentemente preso por corrupção. Costa Neto se quer acompanhou Frejat até a porta com receio de ser fotografado, mas, entre quatro paredes como é de costume: negociou mundo e fundos. Disse que o Partido estava nas mãos de Frejat com livre escolha para montar o novo grupo. Frejat então pediu novamente um tempo para refletir até sábado quando retorna de viajem do exterior, o empresário Paulo Octávio. Ao que tudo indica que o novo grupo de Frejat terá Laerte Bessa e Paulo Octávio dando as cartas. Resta saber por quanto tempo, já que P.O anda na mira da justiça e pode ir para a cadeia.

BDF na Rede

         

PUBLICIDADE

Outubro, 2018

Filtrar eventos

19out(out 19)19:0020(out 20)12:00Curso de Assessoria de Comunicação

19out(out 19)23:0020(out 20)05:00Baile da Pink com MC WM

20out13:0021:00Feira Festival do PastelParque da Cidade

20out23:0005:00SevennPink Elephant

21out13:0021:00Feira Festival do PastelParque da Cidade

PUBLICIDADE
X

Send this to a friend