Siga o Jornal de Brasília

Bastidores de Fato

Cláudio Monteiro: o buchinho no xadrez

Publicado

em

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Na manhã desta terça feira 23 todos os holofotes mais uma vez se voltaram para políticos da Capital da República. Agnelo Queiroz, Nelson Tadeu Filippeli e José Roberto Arruda estão no xadrez devido a desvio de verba na Construção do Estádio Nacional Mané Garrincha. A Justiça agiu rápido e o juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara da Justiça Federal, bloqueou bens e ativos de dez pessoas e da empresa Via Engenharia. A mão pesada da Lei quer num primeiro momento garantir, R$ 10 milhões de Arruda; R$ 10 milhões de Agnelo Queiroz; R$ 6 milhões de Tadeu Filipelli.

Já a Via Engenharia teve R$ 100 milhões bloqueados. Ao todo, são R$ 155,1 milhões em bloqueio.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

O pavor causado pela Operação Panatenaico já se espalhou por todo o Distrito Federal, a prisão do então Secretário Extraordinário da Copa (SECOPA) Cláudio Monteiro (foto) deixou empresários da cidade com o tilintar das algemas na mente. Afinal, na construção da arena,  grama do campo, aluguel de andaimes, segurança do canteiro, tudo teve propina. Fábio Simão e Bruno Filippelli, só para citar alguns, já estão rumo ao cadafalso

As investigações decorrem das delações de ex-executivos da Andrade Gutierrez, que construiu a arena em consórcio com a Via Engenharia, há quem diga que o DF será passado a limpo e que o governador Rodrigo Rollemberg já esta no radar da PF. Vale lembrar que a empreiteira Via junto com a JBS, foram as grande doadoras da campanha do pessebista rumo a principal cadeira do Palácio do Buriti.

O tempo chega no tempo, quem conta é…

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta