HomeBrasíliaTentativa de homicídio e estupro em São Sebastião

Tentativa de homicídio e estupro em São Sebastião

A vítima foi encontrada completamente sem roupa em estado grave com marcas de facada e perdendo muito sangue

Tentativa de homicídio e estupro em São Sebastião

Tereza Neuberger
[email protected]

Uma mulher de aproximadamente 25 anos teria sido violentada e estuprada por volta da 00h desta quinta-feira (09). Ela foi encontrada em estado grave, completamente sem roupas, desacordada, bastante machucada e perdendo muito sangue.

O crime aconteceu no Núcleo Rural Morro da Cruz, em São Sebastião. A polícia chegou ao local após ser acionada por populares que relataram ter visto um casal dentro carro, numa região erma e sem asfaltamento. Eles informaram que uma mulher encontrava-se desacordada, deitada com parte do corpo para fora do carro, enquanto o rapaz dirigia um Fiat Uno prata.

Já no local do crime, a equipe do 21º Batalhão de Polícia Militar do Distrito Federal, visualizou o veículo, em movimento. O Fiat Uno estaria vindo em direção a viatura, quando foi dado o comando de parada, através dos sinais luminosos e sonoros de praxe, bem como dada a ordem de desembarque do suspeito.

A polícia não encontrou nada de ilícito em posse do motorista do Fiat Uno prata, durante a revista pessoal, porém foi observado que o suspeito estava com as vestes sujas de terra e também vestígios de sangue, além de possuir algumas escoriações de aparência recente em seu braço, costas e rosto. O condutor do veículo apresentava fala arrastada, vermelhidão nos olhos e forte odor etílico, de acordo com a Polícia Militar.

Sangue e um possível pedaço de carne aparentemente humana, puderam ser identificados no assoalho do veículo, em frente ao banco traseiro durante a revista veicular. A lateral do veículo também apresentou marcas de sangue. O homem de 20 anos, afirmou inicialmente para a equipe que estava ingerindo bebida alcoólica, desde a hora que saiu de seu trabalho. Ele informou que teria pego o carro de seu amigo emprestado, afirmou ainda que não estava com nenhuma mulher e não soube explicar os vestígios de sangue no veículo.

A equipe policial efetuou a busca no perímetro e cerca de 100 metros adiante na mesma estrada de terra identificaram uma poça de sangue e um rastro, como se alguém tivesse sido arrastado. Ao averiguar em um barranco próximo, encontraram uma mulher inteiramente despida, desacordada, com respiração fraca e duas lacerações na parte superior do antebraço direito.

Após a localização da possível vítima, os policiais imediatamente adotaram as medidas necessárias para assegurar a preservação da vida, além de tentar comunicação verbal com a vítima para avaliar seu nível de consciência. Logo os bombeiros foram acionados para prestarem socorro e a vítima foi encaminhada ao hospital.

Ainda não se sabe a relação que o suspeito teria com a vítima, ele foi preso e encaminhado para a 30ª Delegacia de Polícia Civil do Distrito Federal, que segue investigando o caso. O suspeito também responderá às medidas administrativas com a aplicação das notificações de trânsito pela recusa na realização do teste etilômetro, não possuir CNH e licenciamento atrasado, conforme disposição do Código de Trânsito Brasileiro.

O proprietário do veículo foi identificado e compareceu à delegacia para prestar esclarecimentos, ele contou que havia emprestado o veículo para o seu amigo.

Send this to a friend