STF aprova aumento de 16% para ministros

STF julga pedido de suspeição de Janot para atuar nas investigações sobre Temer

Os ministros do STF estão discutindo hoje, em sessão administrativa, se incluem reajuste de 16% em seus vencimentos na proposta orçamentária de 2019.

Já se formou maioria para aprovar a proposta, informa o site Jota. Votaram para inserir o aumento Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio Mello, Luís Roberto Barroso, Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Luiz Fux.

Cármen Lúcia, Celso de Mello e Rosa Weber votaram contra a previsão de reajusta na proposta orçamentária –ainda faltam Edson Fachin e Alexandre de Moraes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Toffoli justificou seu voto dizendo que os projetos no Congresso tentam repor perdas de 2009 e 2014. “Não estamos [nem] sequer falando das perdas de 2015.”

O futuro presidente da corte alegou ainda que se está “cortando no STF”. “Não se está tirando de saúde, educação, estamos tirando dos nossos custeios.”

BDF na Rede

         

PUBLICIDADE

Agosto, 2018

Filtrar eventos

30jun(jun 30)18:0009set(set 9)00:00Na Praia ° 2018

18ago(ago 18)23:0019(ago 19)17:00PsycoTrance 2018

PUBLICIDADE
X

Send this to a friend