Espetáculo provoca o público ao tratar de violências cotidianas | Brasília de Fato

Espetáculo provoca o público ao tratar de violências cotidianas

violências cotidianas

Montagem de dança fica em cartaz em agosto em cinco cidades do DF

Em agosto, estreia Pequeno Tratado de Violências Cotidianas, espetáculo de dança que propõe reflexão sobre as violências que sofremos diariamente e que, de tão comuns, tornam-se invisíveis. Durante o mês de agosto, a montagem fica em cartaz em cinco espaços culturais do Distrito Federal, nas cidades de Ceilândia (1º e 2 de agosto), Gama (8 e 9), Vila Tele Brasília (11 e 12), Taguatinga (15 e 16) e Sobradinho (25 e 26). Todas as apresentações têm entrada gratuita.

Com direção de Diego Pizarro, o roteiro retrata situações comuns de filas de bancos, reuniões de trabalho, conteúdo da mídia, políticas públicas e até as rotinas em escolas, lares e relacionamentos. A obra se baseia na reação do corpo vibrátil, sensível e afetivo dos intérpretes. Nesse sentido, os corpos em movimento, afetados pela invisibilidade das violências cotidianas, transformam o espetáculo numa experiência que ultrapassa a relação habitual de público e intérpretes por meio da poética dos movimentos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O projeto do Coletivo CEDA-SI é fomentado pelo FAC/DF e terá outras ações integradas. Após a temporada de circulação do espetáculo por cinco cidades do DF, haverá aplicação de oficinas de composição coreográfica abertas à comunidade. O resultado das oficinas culminará no lançamento de uma videodança no primeiro semestre de 2019.

Grupo de pesquisa

O CEDA-SI – Coletivo de Estudos em Dança, Educação Somática e Improvisação – é um grupo artístico composto por pesquisadores, estudantes e artistas e se propõe a produzir estudos relacionados a processos de preparação e composição em dança a partir de práticas somáticas diversas e estruturas de improvisação.

O grupo acredita que a dança, em seus matizes estéticos, éticos e políticos, irá fortalecer o campo da dança na cidade, por possibilitar que artistas e público construam uma troca válida entre a fruição artística e o impacto sensorial, tendo as referências do ambiente de fora (cidade) e o ambiente de dentro (corpo sensível).


SERVIÇO
Pequeno Tratado de Violências Cotidianas
Em cartaz de 1º a 26 de agosto Entrada gratuita Classificação: 14 anos Informações: (11) 95210-6648

Ceilândia
No Teatro SESC Newton Rossi – QNN 27 Área Especial 1º e 2 de agosto (quarta e quinta-feira), às 20h
Gama Local: Teatro SESC Paulo Gracindo – SIND QI 1 8 e 9 de agosto (quarta e quinta-feira), às 20h
Vila Tele Brasília Local: Espaço Pé Direito – Rua 1, Casa 23, Vila Telebrasília Data: 11 e 12 de agosto (sábado e domingo), às 20h
Taguatinga Local: Teatro SESC Paulo Autran – CNB 12 Área Especial – Taguatinga Norte 15 e 16 de agosto (quarta e quinta-feira), às 20h
Sobradinho Local: Teatro de Sobradinho – Área Especial, Q 12 Data: 25 e 26 de agosto (sábado e domingo), às 20h

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

BDF na Rede

         

PUBLICIDADE

Agosto, 2018

Filtrar eventos

30jun(jun 30)18:0009set(set 9)00:00Na Praia ° 2018

18ago(ago 18)23:0019(ago 19)17:00PsycoTrance 2018

PUBLICIDADE
X

Send this to a friend