Ex-assessor de Carlos Bolsonaro, Luciano Querido é efetivado na Funarte

Querido, que trabalhou com Carlos por pelo menos 15 anos, já estava exercendo o cargo desde maio. O novo presidente não tem formação relacionada às áreas de atuação da Funarte

O ex-assessor do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) Luciano da Silva Barbosa Querido foi efetivado como presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte). A decisão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (13).

Querido já estava no cargo desde maio, quando substituiu Dante Mantovani. O ex-assessor de Carlos é acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de não ter formação específica e experiência profissional para o cargo. Por isso, o órgão chegou a pedir a suspensão dele

Após acompanhar Carlos por cerca de 15 anos (de 2002 a 2017), Querido assume o cargo após as passagens polêmicas de Dante Mantovani e Sérgio Camargo. O novo presidente é formado em direito e técnico em TI e não tem formação relacionada às áreas de atuação da Funarte.

Tags

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

dezenove − 12 =

Mais lidas

Send this to a friend