Demitido, ex-AGU diz que governo Temer quer “abafar a Lava-Jato”

No lugar de Fábio Medina Osório, assumirá Grace Maria Fernandes Mendonça

O ex-advogado-geral da União, Fábio Medina Osório, demitido nesta sexta-feira (9/9), acusa o governo de tentar abafar a operação Lava-Jato. Ele deu entrevista à revista Veja, que será publicada neste fim de semana.

Fábio Medina Osório conta que foi demitido porque queria punir os aliados do governo Temer envolvidos no escândalo de corrupção na Petrobrás.

No lugar de Fábio Medina Osório, assumirá Grace Maria Fernandes Mendonça, que é a primeira mulher nomeada para chefiar um ministério na gestão de Michel Temer.

A demissão de Medina teria como um pano de fundo uma discussão entre ele e o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, que estaria insatisfeito com diversas ações dele no âmbito da AGU. Além disso, o ex-advogado-geral da União estaria com dificuldade para estabelecer diálogo com ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), sendo alvo também de inúmeras queixas internas, muitas delas levadas ao Palácio do Planalto.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

quatro × 2 =

Mais lidas

Send this to a friend