Em meio a pandemia, paramédico muçulmano e judeu rezam juntos em Israel

O judeu Mintz, de 42 anos, aparece em pé na imagem e de frente para Jerusalém. O muçulmano Abu Jama, de 39 anos, está ajoelhado em seu tapete de orações

Em Israel, um paramédico judeu e um muçulmano rezaram juntos enquanto descansavam um pouco dos cuidados com os pacientes infectados com o novo coronavírus. A foto viralizou nas redes sociais e uma corrente de solidariedade e paz entre os povos foi iniciada. 

Avraham Mintz e Zoher Abu Jama tinham acabado de atender um chamado de uma mulher de 41 anos que estava com dificuldades para respirar na cidade de Be’er Sheva, no sul de Israel. Quando retornaram a base às 18h, os dois paramédicos iniciaram seu intervalo e pararam para orar.

O judeu Mintz, de 42 anos, aparece em pé na imagem e de frente para Jerusalém. O muçulmano Abu Jama, de 39 anos, está ajoelhado em seu tapete de orações. 

Tirada por um colega de trabalho, a foto rapidamente se espalhou e já tem milhares de curtidas nas redes sociais. Um perfil comentou no Instagram: “Tenho orgulho de todos os serviços de resgate, não importa de que comunidade ou religião”. No Twitter, um usuário respondeu: “Uma luta! Uma vitória! Vamos nos unir”.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

quatro × 3 =

Mais lidas

Send this to a friend