Operação Falso Negativo: Ibaneis exonera cúpula da Saúde

Francisco Araújo, agora ex-secretário da Saúde do DF, está sendo substituído interinamente por Osnei Okumoto que, até o momento, não foi efetivado na pasta

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, exonerou, nesta segunda-feira (14), a cúpula da Saúde envolvida na Operação Falso Negativo do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). A exoneração foi publicada em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF).

Francisco Araújo, agora ex-secretário da Saúde do DF, está sendo substituído interinamente por Osnei Okumoto que, até o momento, não foi efetivado como chefe da pasta.

A decisão de Ibaneis exonera diversos membros da pasta, como:

  • Francisco Araújo – Secretário de Saúde
  • Iohan Andrade Struk – Subsecretário de Administração Geral
  • Jorge Antônio Chamos Júnior – Diretor do Lacen
  • Eduardo Hage Carmo – Subsecretário de Vigilância à Saúde
  • Eduardo Seara Machado Pojo do Rego – Secretário-adjunto de Gestão em Saúde
  • Ramon Santana Lopes Azevedo – Assessor Especial do Secretário de Saúde

Veja a lista de exonerações completa: 

Entenda

O agora ex-secretário de Saúde do Distrito Federal, Francisco Araújo, foi preso preventivamente na manhã de 25 de agosto no apartamento onde mora, no Noroeste. Ele é investigado em operação que apura fraudes na compra de testes de detecção do novo coronavírus.

Segundo o Ministério Público (MPDFT), responsável pela ação, alguns servidores estariam se organizando para fraudar licitações e comprar testes IgG/IgM de baixa qualidade e com preços superfaturados.

Duas compras de testes são investigadas pelo MPDFT. Em uma delas, a fornecedora dos exames é uma empresa do ramo de brinquedos infantis. Ao todo, o prejuízo aos cofres públicos do DF gira em torno de R$ 18 milhões.

Agentes cumpriram outros sete mandados de prisão e 44 mandados de prisão, expedidos pelo desembargador Humberto Uchoa, em oito estados brasileiros: Goiás, Mato Grosso, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Bahia.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

dez + 12 =

Mais lidas

Send this to a friend