Em motel do DF, assessor parlamentar não paga conta e polícia é chamada

Caso ocorreu em um motel às margens da BR-020. Segundo a PMDF, o rapaz ainda ameaçou os policiais, se dizendo poderoso e que ganhava R$ 10 mil por mês

A Polícia Militar do Distrito Federal precisou intervir em uma confusão em um motel às margens da BR-020, no Colorado, na noite dessa quinta-feira (9). A corporação foi acionada pela gerência do local porque um grupo de dois homens e duas mulheres se negava a pagar a conta. Um dos envolvidos se apresentou como assessor parlamentar.

A confusão começou por volta das 21h. De acordo com o gerente, os quatro chegaram ao local por volta das 19h, e a conta já estava em R$1.450. Seria necessário, portanto, o pagamento parcial para que pudessem continuar no quarto. Houve uma tentativa de acordo, mas o grupo recusou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Na suíte, os policiais foram recebidos por um rapaz, que estava com sinais de embriaguez. Ele se apresentou como assessor parlamentar e exibiu um crachá, onde consta a ocupação de cargo de natureza especial (CNE). Exaltado, o homem disse que não efetuaria o pagamento, pois não tinha pedido a conta, e nem desocuparia o quarto.

Segundo a PMDF, o rapaz ainda ameaçou os policiais, se dizendo poderoso e que ganhava R$ 10 mil por mês. Como não houve acordo, ele foi levado para a 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá) junto com as duas mulheres. O outro rapaz acabou acertando a conta.

Na DP, foi constatado que o acusado tem diversas passagens por não pagar contas em motéis. Na última ocorrência registrada, o prejuízo do estabelecimento foi de R$ 6 mil. Ele assinou mais um termo circunstanciado e foi liberado.

BDF na Rede

         

PUBLICIDADE

Agosto, 2018

Filtrar eventos

30jun(jun 30)18:0009set(set 9)00:00Na Praia ° 2018

PUBLICIDADE
X

Send this to a friend