Casa de ex-músico do Capital Inicial é furtada no DF

Capital Inicial

Guitarrista Loro Jones soube do crime na semana passada; guitarras, baterias, mesa de som e itens colecionados durante carreira foram levados; instrumentos são avaliados em R$ 1 milhão

A Polícia Civil do Distrito Federal investiga o furto de instrumentos musicais do ex-guitarrista do Capital Inicial, Antônio Marcos Lopes de Souza. Conhecido pelo nome artístico “Loro Jones”, o músico guardava os itens colecionados ao longo da carreira em uma chácara no Lago Sul, na área nobre de Brasília.

O artista contou que soube do crime somente na semana passada. O caso foi registrado na 20ª Delegacia de Polícia, no Gama, na última quarta-feira (1º). Até a publicação desta reportagem, a Polícia Civil ainda não tinha descoberto o paradeiro dos instrumentos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Segundo Loro Jones, as guitarras, as baterias e a mesa de som furtadas – que estavam no estúdio do músico – totalizam quase R$ 1 milhão. Além dos objetos, os suspeitos quebraram o teto da residência e os móveis do local, deixando um rastro de sujeira.

“Minha casa ficou completamente destruída. Além do constrangimento, da invasão da minha privacidade, foi uma falta de respeito. Fiquei muito p*** e perdido.”

Policiais militares do Distrito Federal encontraram chácara do ex-guitarrista do Capital Inicial, Loro Jones, revirada. Foto: Loro Jones/Arquivo pessoal

Movimentação suspeita

Na ocorrência, consta que equipes do patrulhamento rural já tinham intensificado o policiamento nas imediações do lote, porque não havia moradores permanentes. De acordo com o documento, na quarta, militares viram um caminhão estacionado e pessoas retirando móveis da casa.

Questionados pelos policiais, os suspeitos informaram que ganharam a mobília e que estavam no endereço para buscá-la. Eles foram levados à 20ª DP e, após prestarem depoimento, liberados.

Os instrumentos e os itens pessoais furtados, no entanto, não estavam entre os objetos recuperados. O músico pede que qualquer suspeita seja informada à polícia ou à família, pelo e-mail lilaavelino6@gmail.com.

Desconfiança

À reportagem, Loro Jones disse desconfiar de uma mulher que morava junto com o caseiro da chácara. Antes do roubo, essa pessoa teria ameaçado o guitarrista, e tentado impedir que a família dele entrasse no lote.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

“Estou pisando em ovos. A gente acha que esse tipo de coisa nunca vai acontecer.”

Caminhão de mudança que estava estacionado na chácara do do ex-guitarrista do Capital Inicial, Loro Jones, invadida em Brasília. Foto: Loro Jones/Arquivo pessoal

BDF na Rede

         

PUBLICIDADE

Agosto, 2018

Filtrar eventos

30jun(jun 30)18:0009set(set 9)00:00Na Praia ° 2018

PUBLICIDADE
X

Send this to a friend