Crise hídrica: aos poucos, racionamento cresce

Ontem mesmo, Planaltina, Sobradinho e Vale do Amanhecer foram surpreendidos pela falta d’água não incluída no cronograma oficial.

O Distrito Federal vive um momento de recordes negativos: as temperaturas estão altas e os reservatórios cada vez mais vazios. Se o nível continuar a diminuir, a Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb) não descarta a possibilidade de aumentar o período de racionamento.

Apesar da medida emergencial, a Caesb afirma que os percentuais têm se mantido acima das metas desde maio, quando as curvas de acompanhamento de cada barragem foram previstas em conjunto com a Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do DF (Adasa).

Nesta semana, os volumes do Descoberto e de Santa Maria atingiram os menores níveis já registrados na história: 13,7% e 27,3%, respectivamente. Mas a Caesb, por enquanto, não faz alarde: “A meta para o mês de outubro de é 9% para o Descoberto e 23% para Santa Maria. Se for considerado que a meta para o mês de setembro para o Descoberto era 14%, e para o Santa Maria era 26%, e que já estamos em 11 de outubro (ontem), os reservatórios ainda não ficaram abaixo da meta prevista para o mês passado”, afirma, em nota, a Caesb.

No ano passado, a realidade era outra. A barragem do Descoberto estava, no dia 30 de outubro, com 22,42% do volume útil, enquanto Santa Maria apresentava 42,21%. Em novembro de 2016, os níveis eram de 41,04% em Santa Maria, e 22,34% no Descoberto.

Por conta da situação crítica, a Adasa “intensificou esse monitoramento e passou a fazer projeções diárias para os níveis dos mananciais, aumentou a fiscalização dos irrigantes da Bacia do Descoberto e oficiou a Caesb para que a retirada de água do reservatório fique dentro da média prevista na curva”, alega, em nota, a agência.

A Adasa recomenda que os brasilienses reduzam ainda mais o desperdício de água. “No entanto, muitas pessoas não chegaram a sentir o racionamento porque moram em prédios com reserva de água. Por isso, talvez ainda não tenham feito todo o esforço que poderiam fazer. O acirramento da crise acende um alerta para que toda a população efetivamente adote hábitos de uso racional e economize”, aponta.

Sem chuva até o dia 22

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Se depender do tempo para trazer alguma melhoria aos reservatórios, a situação ficará ainda mais complicada. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), os próximos dias serão de muito sol. Até o dia 22 de outubro não há previsão de chuvas para o Distrito Federal. “Esse é um modelo muito otimista, mas a possibilidade é pequena. Brasília passa por um atraso na estação chuvosa”, aponta a meteorologista Ingrid Peixoto.

Enquanto as chuvas não vêm, o calor e a umidade baixa vão prevalecer na capital. “Voltou a atuar sobre a região Centro-Oeste uma massa de ar quente e seca, que vai manter o tempo estável, ou seja, sem previsão de chuva. Com isso, diminui a nebulosidade, aumenta a temperatura e baixa a umidade relativa do ar. Isso é preocupante para os reservatórios, pois a umidade que está retida no solo vai evaporar com facilidade”, alerta.

Segundo a meteorologista, a média de temperatura para a capital no mês de outubro era de 28 ºC. “Estamos há dois dias com temperaturas com 5 ºC acima da média. Se manter assim, vai elevar ainda mais. A previsão é de que pelo menos até o dia 27 de deste mês fique acima dos 32 ºC”, afirma Ingrid.

Na terça-feira passada a capital bateu o recorde do ano: os termômetros marcaram 34,1 ºC. No mesmo dia, a Defesa Civil decretou estado de alerta, após três dias com a umidade abaixo dos 20%.

SERVIÇO

A Defesa Civil recomenda que a população suspenda a prática de atividades físicas e trabalho ao ar livre no período de 10h às 16h; aumente a ingestão de líquidos; evite banhos prolongados com água quente e muito sabonete; faça refeições leves; use protetor solar; e umidifique o ambiente com aparelhos ou toalhas molhadas.

Raphaella Sconetto
JOrnal de Brasília

BDF na Rede

         

  • PUBLICIDADE
  • PUBLICIDADE

Outubro, 2017

Filtrar eventos

21out09:00- 21:00FILE - Festival Internacional de Linguagem Eletrônica

21out16:00- 17:00Deu Trelelê na Família S.A

21out16:00- 22:00Mostra de filmes Rock Terror

21out19:00- 23:00Festival de Cinema EspanholGrátis

21out20:00- 22:00Show das Professoras

21out20:00- 22:00Super SóMusical

Mostrar mais eventos
  • PUBLICIDADE
X

Send this to a friend