Domingo no Parque, em São Sebastião, comemora 7 anos

Com apoio do governo de Brasília, moradores da região tocam projeto que une cultura e preservação do espaço público. Ocupação dos artistas contribuiu para diminuir a criminalidade no local e nas proximidades 

Formado por moradores de São Sebastião, o coletivo cultural Supernova leva lazer e cidadania para o Parque Ambiental do Bosque. Com o objetivo de ocupar a área pública e promover artistas locais, o Domingo no Parque se consagrou como um dos eventos mais democráticos da região, por ser gratuito, ao ar livre e para toda a família.

O coletivo Supernova leva para o Parque Ambiental do Bosque, em São Sebastião, cidadania e lazer.
O coletivo Supernova leva para o Parque Ambiental do Bosque, em São Sebastião, cidadania e lazer. Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília

O lugar recebe, mensalmente, atividades com música, poesia e teatro, entre outras de cunho artístico. Para a poeta e coordenadora do projeto, Priscilla Sena, a iniciativa “é uma forma de mostrar a arte que é produzida em São Sebastião, além de dar mais visibilidade para o local, que ainda é pouco conhecido pelos moradores”.

A primeira edição ocorreu em julho de 2010, depois de o espaço passar por uma revitalização. Desde então, foram mais de 40 e quase 200 horas de programação. De acordo com a organização, mais de 10 mil pessoas já frequentaram o projeto.

Músicos, declamadores, escritores, atores, dançarinos, poetas e artistas plásticos são convidados para apresentar seus trabalhos à comunidade. Os estilos vão do samba ao rock e do rap à música clássica. Também se promovem debates, que abordam os mais variados temas, e oficinas.

Neste domingo (16), a comemoração dos sete anos de ocupação traz um programa diversificado. Com o auxílio do Fundo de Apoio à Cultura (FAC), a iniciativa promove o intercâmbio cultural com apresentações de artistas locais mesclados com as de outras regiões administrativas.

A festividade será das 14 às 20 horas. Entre as atrações confirmadas estão o DJ Nicko (música mecânica) e as bandas de rock Frequência e Metrópole Locomotiva.

Haverá ainda outras atividades, como bazar, slackline, doação de roupas, massagem e dicas de moda. Para as crianças terá pintura de rosto. Números circenses e declamação de poesia também vão marcar presença na ocupação cultural deste domingo (16).

Revitalização ajudou a diminuir ocorrência de crimes

A revitalização do Parque do Bosque, ocupado pelo Domingo no Parque, é uma das lutas do coletivo Supernova. A ação trouxe visibilidade para a unidade, que voltou a ser frequentada pela população local como um ponto de lazer e esporte.

Para o grupo de moradores, uma das grandes vitórias foi a iluminação pública instalada no segundo semestre do ano passado.

Coordenador-geral do projeto, Isaac Mendes conta que os postes de luz eram uma reivindicação antiga, desde 2010. “Foi uma luta árdua. Ninguém tinha coragem de passar aqui durante a noite. O parque tinha uma fama muito ruim, a incidência de crimes era alta.” Segundo ele, as ocorrências diminuíram.

“Ninguém tinha coragem de passar aqui durante a noite. O parque tinha uma fama muito ruim, a incidência de crimes era alta”Isaac Mendes, coordenador-geral do Domingo no Parque

A Secretaria da Segurança Pública e da Paz Socialidentificou, de fato, uma queda significativa do índice de criminalidade no interior e nas proximidades doParque Ambiental do Bosque, entre janeiro e junho deste ano em comparação com o mesmo período de 2016.

De acordo com a pasta, nos primeiros seis meses de 2017, registrou-se apenas uma ocorrência criminal de ameaça dentro do parque. No mesmo período do ano passado, foram 9 casos: 4 de roubo a pedestre, 2 de tentativas de homicídio, uma lesão corporal dolosa, uma ameaça e uma receptação.

Já em frente ao parque, a redução de crimes foi de 31 para 23. O índice de roubo a pedestre, por exemplo, diminuiu neste ano de 15 para 11 em relação ao ano passado. De furto de celular ainda não há nenhuma queixa neste ano; em 2016, foram dois casos.

Entre outros crimes que não apresentaram registro em 2017 estão roubo de veículo e roubo a transporte coletivo, contra apenas uma incidência de cada um no ano passado.

Mesmo com a redução da criminalidade, Isaac Mendes diz que a luta pela revitalização continua. Segundo ele, a última obra foi em 2010, e não houve manutenção de lá para cá.

“Estamos com uma conversa contínua com os órgãos competentes para conseguirmos uma melhora dos equipamentos públicos que existem no parque”, garante Isaac. Ele conta que o secretário do Meio Ambiente, André Lima, esteve no lugar para avaliar a situação.

Domingo no Parque

16 de julho (domingo)

Das 14 às 20 horas

No Parque Ambiental do Bosque — São Sebastião, Bairro Residencial do Bosque

Classificação livre

Entrada franca

CIBELE MOREIRA, COM EDIÇÃO DE RAQUEL FLORES
AGÊNCIA BRASÍLIA
  • PUBLICIDADE

BDF na Rede

         

  • PUBLICIDADE

Agenda Cultural

Julho, 2017

Filtrar eventos

25jul19:00- 22:00Pinella JazzBeJazz

25jul20:00- 23:59Terça do riso soltoShow de Humor

26jul19:00- 22:00Pinella MusicalMirian Marques

27jul19:00- 22:00Pinella Discotecária (vinil)O Discotecário

28jul19:00- 23:00Pinella BaratotalDJ Barata

29jul19:00- 23:00Pinella DanceDJ Manollo

  • PUBLICIDADE
X

Send this to a friend