Zidane tem conversa com elenco, mas jogadores reclamam de injustiça e reunião ruim

O Real Madrid vive uma crise inimaginável nesta temporada. O clube madrilenho iniciou 2017/18 conquistando a Supercopa da Europa, após derrotar o Manchester United de José Mourinho, e atropelando o Barcelona na Supercopa Espanhola. Parecia que os Blancos estavam fortes e eram favoritos para conquistar o bi de La Liga e o histórico tricampeonato da Champions League. No entanto, não tem sido assim.

Ao contrário do que se esperava, os Merengues vivem uma crise, enquanto o Barcelona vive uma temporada dos sonhos até aqui, liderando La Liga com ampla vantagem, no mata-mata da UCL com moral e com um time equilibrado, talentoso e agora com as opções de Coutinho e Dembélé, além de Messi em fase excepcional, Suárez voltando a marcar muitos gols e Paulinho jogando demais.

Apenas no quarto lugar de La Liga, 16 pontos atrás do Barça, vivendo uma crise em seu estilo de jogo e com o PSG pela frente nas oitavas de final da Champions, o momento do Real Madrid é preocupante. Por isso, Zidane resolveu agir.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O francês deu folga para seus comandados nesta segunda-feira (8), mas antes do último treinamento, se reuniu com seus jogadores para conversar e analisar o que tem dado errado no time, fazer uma autocrítica e tentar dar a volta por cima na temporada. Zizou não deu detalhes da reunião, que durou cerca de 45 minutos, mas fez questão de defender seus atletas.

“Não conversei por conversar, conversei porque julguei que era necessário. Quando existem coisas como as que estamos passando, quando as coisas não saem como queremos, a receita é trabalho. Eu sempre creio nisso. O que vamos fazer agora é trabalhar mais do que nunca, em todos os sentidos. Não é algo físico ou mais da cabeça. É um pouco de tudo. Quando um jogador está mal, eu o ajudo. Não vou atirar m**** em ninguém. Todos somos culpados e estamos no mesmo barco”, afirmou o francês.

No entanto, segundo a Cadena SER, o papo não deu o resultado esperado no Real Madrid. De acordo com o veículo, Zidane ficou sério durante a reunião e falou da “situação crítica” do time. Nomes de peso no elenco, como Sergio Ramos e Cristiano Ronaldo opinaram sobre a má fase. Jogadores jovens também tiveram a palavra, mas teriam reclamado de que “não é verdade que os que treinam melhor estão jogando”, e um atleta teria afirmando que a conversa foi “necessária”, mas “pouco produtiva”.

BDF na Rede

         

PUBLICIDADE

Setembro, 2018

Filtrar eventos

26set20:0023:00Andrea Bocelli | Brasília - DF

27set08:0022:00Brasília Capital Fitness 2018

28set08:0022:00Brasília Capital Fitness 2018

29set08:0022:00Brasília Capital Fitness 2018

30set08:0022:00Brasília Capital Fitness 2018

PUBLICIDADE
X

Send this to a friend