Francês culpa ‘individualismo’ por derrota do PSG; presidente diz que time tem que ‘acordar’

Para o meio-campista francês Adrien Rabiot, a derrota do PSG para o Bayern de Munique, por 3 a 1, na última rodada do grupo B da Uefa Champions League, passou pelo “individualismo” da equipe. Segundo ele, faltou “jogo coletivo” para o time de Neymar, Kylian Mbappé e cia.

“Nós fomos muito individualistas, acho”, disse ele, em entrevista ao canal “Bein Sports” da França. “Não houve jogo de equipe suficiente”, acrescentou o jogador da seleção francesa.

“As poucas vezes que jogamos como time e giramos a bola, nós fomos perigosos e criamos oportunidades. Nós também poderíamos ter marcado outros gols, mas não fomos eficientes. A partir do momento que você é muito individualista, dificulta. Temos um time aqui, com bons jogadores, e nós podemos jogar melhor coletivamente”, avaliou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Apesar da derrota na Alemanha, o PSG conseguiu confirmar a classificação para as oitavas de final da Champions na primeira colocação de sua chave, com vantagem no saldo sobre o Bayern.

Vaga à parte, o presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi, também não se mostrou satisfeito com a derrota. “É verdade que não jogamos no primeiro tempo. Não estivemos no campo. Também é verdade que estou decepcionado com o resultado e a nossa atuação”, afirmou.

“Nós temos um grande time, alguns dos melhores jogadores do mundo e nosso objetivo aqui era vencer. Nós perdemos por 3 a 1, e espero que essa derrota nos ajude na Champions, que é muito importante para nós. Se acordarmos agora, não é tarde”, completou.

BDF na Rede

         

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Dezembro, 2017

Filtrar eventos

16dez(dez 16)22:0017(dez 17)22:00Festa das Patroas Brasília com Maiara & Maraisa e Marilia Mendonça

X

Send this to a friend