Você sabe o que é a traição financeira?

Você sabe o que é a traição financeira?

Hoje o assunto é polêmico! Relacionamentos e traição financeira! Já conversou com seu marido ou com sua esposa sobre isso? Quanto ganha, quanto gasta, se tem dívidas, se investe? Pois bem. No artigo de hoje, Alexandre Arci nos mostra a importância de estarmos sintonizados com a pessoa que escolhemos para dividir a vida quando o assunto é dinheiro. Se você não quer ser “o último a saber”, eu lhe pergunto: você sabe quanto ganha e como são os gastos do(a) seu (sua) parceiro (a)?

Abraços, Rafael Rico
Trace suas metas, entre em ação e alcance seus objetivos!
Encontre-me no Instagram: @valorizeseusonho


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


A resposta para esta pergunta tem apenas duas opções: sim ou não. Disso eu tenho certeza que você já sabia, mas você já pensou na quantidade de motivos que caracterizam uma traição? A infidelidade pode ocorrer de várias formas e, entre elas, existe uma muito comum e muito pouco citada, que é uma das principais causas de separações no mundo: a traição financeira. Ela existe, ela é avassaladora e ela pode ser evitada.

Assim como a infidelidade tradicionalmente conhecida, a traição financeira começa com pequenas transgressões. Mentiras e omissão de informações financeiras são alguns mais clássicos sinais de quando a traição financeira está presente no relacionamento. Os casos podem ser caracterizados por atos simples como comprar cosméticos e roupas e escondê-los por uns dias para que o parceiro não perceba o gasto desnecessário, pagar rodadas de cerveja para os amigos, ultrapassar vez ou outra o limite do cartão de crédito, esconder uma gratificação, emprestar dinheiro a alguém sem consultar o parceiro, pegar o dinheiro para pagar uma despesa e gastar com algo pessoal, podendo chegar a casos extremos como fazer um empréstimo no banco com valores altos para pagar uma dívida pessoal que comprometa os planos familiares.

Essas atitudes desgastam não só o saldo financeiro, mas a harmonia do casal. Segundo pesquisa divulgada em julho de 2012 e realizada pela psicóloga e professora da Universidade de Michigan (EUA), Terri Orbuch, o dinheiro é a principal causa de conflitos entre os casais. Muitos desses conflitos, gerados pelo descontrole financeiro de um ou de ambos, levam ao divórcio.

Porém, quando a traição financeira é descoberta, a melhor atitude é manter a calma e, antes de qualquer atitude impensada, busque avaliar os prejuízos e as soluções que poderão, além de resolver, evitar que ocorra novamente. Os problemas financeiros que abalam um relacionamento são geralmente os mesmos que abalam a estrutura emocional de uma pessoa solteira. Em ambos os casos, a mudança está relacionada a um aspecto: decidir mudar. Porém, em um relacionamento, essa decisão deve vir de ambos. Você e seu companheiro (a) podem contornar os problemas financeiros, definindo o que deve ser feito hoje e onde querem chegar amanhã.

Como Educador Financeiro e presidente do Instituto Eu Defino, percebo que um grande problema e incentivador deste tipo de traição entre os casais é a falta de diálogo. Desta forma, seguem algumas dicas e atitudes que irão ajudar você a evitar este tipo de problema em sua vida: Implante o ARO em sua vida financeira.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 
  • Auto Conhecimento! Conhecer profundamente todos os hábitos da família e a vida financeiras. Detalhar todas as receitas e principalmente as despesas da família. É necessário saber de forma detalhada para onde está indo o dinheiro e como ele está sendo empregado.
  • Realizar! Realizações da família e individuais têm que ser compartilhados e principalmente concretizados. Este tipo de ação, além de gerar maior união e contribuição em relação aos investimentos e economias, tornará este processo leve e principalmente prazeroso para todos. As realizações deverão ser divididas em curto, médio e longo prazo.
  • Orçamento! Você sabe quanto custa a realização da sua família? Além de saber o que gasta é necessário elaborar um orçamento anual, pois quando se tem um mapa, a caminhada fica mais fácil. No orçamento coloque em prioridade as realizações e utilize esta fórmula mágica para mudança de vida: Receita – Realização – Despesas. Com esta mudança de comportamento financeiro, suas realizações acontecerão!
  • Honestidade, transparência e cumplicidade. Toda a família (esposa, esposo e filhos) precisa participar das decisões financeiras e estar informada de como o dinheiro é utilizado.

Invista em educação financeira, busque literatura, cursos e palestras que tratem deste assunto. Nós do Eu Defino, estaremos prontos a auxiliá-los.

A felicidade é encontrada nas pequenas realizações! Quanto maior a sintonia, honestidade e dialogo com seu parceiro e sua família, mais próspera sua vida emocional e financeira será. E lembre-se sempre: Eu defino minha felicidade!

Por

Alexandre Arci – Presidente Instituto Eu Defino –Educador Financeiro | Instagram: @eudefino | Facebook: www.facebook.com.br/eudefino | www.eudefino.com

 

BDF na Rede

         

PUBLICIDADE

Julho, 2018

Filtrar eventos

26jun(jun 26)14:0005ago(ago 5)01:00Abertura Brasília Ice Park

30jun(jun 30)18:0009set(set 9)00:00Na Praia ° 2018

20jul(jul 20)21:0021(jul 21)22:30SETEBELOS APRESENTA - COMEDYFLIX

21jul19:3022:00Stand up gratuito de Os Fantásticos ocupa o palco do Festival de Humor

21jul(jul 21)20:0022(jul 22)08:00Low Club - Edição Férias em Dubai

22jul08:0012:00COPA DO BRASIL DE FAIXA COLORIDA 2018

27jul(jul 27)22:0028(jul 28)04:00Mumuzinho em BrasíliaDallas Bar

28jul(jul 28)23:4529(jul 29)03:00Capital Inicial em Brasília/DF - Capital Moto Week 2018

PUBLICIDADE
X

Send this to a friend