Ligeirinhas de sexta-feira

O descaso com a mobilidade

Este colunista em nome da sociedade e transeuntes gostaria que o direito de ir e vir com comodidade fosse garantido a população de Vicente Pires juntamente com os estudantes da Faculdade Mauá.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Não é de hoje que a “pinguela” localizada sobre o córrego Samambaia as margens da EPTG vêm surtindo efeito contrário. Os passageiros e usuários dos transportes coletivos naquela localidade, como se não bastasse o embarque e desembarque já bem distante da faculdade, agora estão sendo premiados com um verdadeiro banho de lama e esgoto.

A obra inacabada da Construtora Artec e o descaso não afeta só os estudantes, os idosos e deficientes também são prejudicados. A idosa Mariza Monteiro Marques de Queiroz (74) ao sair de casa na rua 4C escorregou numa mistura nada agradável de lama com esgoto e sofreu uma queda, fraturando a bacia.

Resultado, a senhora está hospitalizada no corredor do Hospital Regional do Paranoá a espera de uma vaga para cirurgia. Vale saber que a idosa fez com a família uma verdadeira peregrinação por emergências públicas até conseguir uma vaga no HRP.Tudo isso poderia ter sido evitado se as autoridades gestoras fizessem o mínimo pela população. Não é pedir muito!

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

Trabalho duro

A população de Brasília assiste muitas vezes atônitos as ações da Agefis. Numa posição muitas vezes nada confortável, a presidente da Agência, Bruna Pinheiro vem se destacando e conseguindo fazer com que o imaginário da população deixe de acreditar que a Agefis é um bicho papão.

Especificamente na área de Mobilidade Urbana a Agefis vem trabalhando em benefício da população no tocante a desobstrução de calçadas e também interditando obras e edifícios que em seus projetos não trazem resultados para a demanda provocada no impacto de trânsito, como a falta de estacionamentos, garagens e recuo necessários para calçadas e abrigos de ônibus.

 

Tragédia anunciada

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Chamou a atenção da mídia nacional a tragédia ocorrida em pleno pré-carnaval da cidade de São Paulo a morte de um folião eletrocutado.

Uma empresa contratada por milhões para planejar e organizar a folia em terras paulistas cometeu um grave erro técnico. Ao instalar câmeras de monitoramento em postes destinados a sinalização de trânsito, se meteu em uma área em que não tinha pleno conhecimento.

Este colunista aproveita este nobre espaço para chamar a atenção das autoridades locais para que o mesmo não venha acontecer na Capital da República, onde neste momento estão sendo aplicados nas vias públicas um serviço de captação de imagens de possíveis infrações e com os blocos carnavalescos nas ruas, todo cuidado é pouco.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Educação é para todos

Confira o funcionamento do Metrô-DF no Ano Novo

Este final de semana o carnaval toma conta de todo o país, na Capital da República os usuários do transporte coletivo rodoviário tiveram uma grata surpresa, a volta do famoso Corujão.

Com um sistema de mobilidade precário, o DF ainda tem de sofrer com a falta de educação de uns poucos. Durante a pré-folia foi revoltante assistir alguns poucos vândalos depredar o já tão combalido Metrô de Brasília.

As cenas foram deprimentes e não condizente com a educação do povo candango, quebrar janelas, disparar extintores, urinar e defecar nos vagões além de causar prejuízos morais causam danos materiais de alto custo.

No final das contas, quem paga a fatura somos todos nós.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

BDF na Rede

         

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Fevereiro, 2018

Filtrar eventos

18fev(fev 18)18:0019(fev 19)00:00Ressaca Coisa Nossa & Ki Bloco é Esse

23fev(fev 23)23:0024(fev 24)06:00Shed Bar com Naiara Azevedo

24fev15:0023:00Bloquinho Adocica Meu Amô com Atitude 67

24fev(fev 24)22:0025(fev 25)03:00Discoteca

24fev(fev 24)22:0025(fev 25)05:00Xande de Pilares -Bamboa

X

Send this to a friend