Saiba como proteger seus pets dos fogos de artifício

Saiba como proteger seus pets dos fogos de artifício

Dicas para ajudá-los a passar a virada do ano com menos estresse

Os fogos de artifício marcam as festas de final de ano, como natal e principalmente no ano novo. Mesmo sendo um espetáculo para os nossos olhos, podem ser extremamente desconfortáveis para nossos cães, gatos e outros pets, pois eles possuem uma audição muito mais sensível que nós. Pensando nisso, levantamos várias super dicas para protegê-los e acalmá-los.

Para preservar o bem-estar do bichinho, procure criar um ambiente aconchegante e tranquilo para acomodá-lo nos momentos de euforia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Fechar as janelas do local onde ele está alojado, disponibilizar um esconderijo ou “cabana” com acolchoados (para abafar os estímulos auditivos) e retirar do ambiente móveis ou objetos que contenham pontas ou que sejam de vidro são algumas iniciativas válidas. Fazê-los se exercitarem algumas horas antes também os ajudará a estarem mais relaxados.

Os cães detectam um som quatro vezes mais distante que os humanos, e isso explica a angústia vivenciada por eles em épocas festivas.

Tentativas de fuga através de portas e janelas podem provocar o atropelamento do pet na rua ou fazer com que ele se desespere dentro de casa. Jamais deixe seu pet amarrado ou com coleiras que possam levá-los a enforcamento.

Assim como o melhor amigo do homem, gatos também podem apresentar comportamentos negativos, como tremores, tentativa de fuga, micção e defecação em locais inapropriados, dentre outros.

O mesmo alerta vai para os donos de pássaros. As aves podem se debater e acabar se machucando ao prender uma asa, uma pata ou mesmo o bico na gaiola. Alguns animais chegam a morrer em função de aceleração cardíaca provocada pelo susto.

1. Prepare o seu amiguinho para lidar com o ruído

Prepare o seu pet para lidar com o ruído, expondo o seu animal de estimação a outros sons. A dessensibilização de ruídos ajuda a prevenir uma fobia de ruídos altos. Sabemos que não dá tempo para fazer isso de última hora mas, a dica é importante para se preparar para as próximas festas. Use um CD com sons que ele não esteja acostumado a ouvir, bem antes da temporada de fogos de artifício.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 
2. Solte a coleira

Quando presos, muitos animais morrem por enforcamento, no desespero de fugir dos fogos e rojões. Se precisar isolar o pet, deixe-o fechado em um local seguro.

3. Prepare um cantinho para eles se esconderem

Quando estão com medo de sons que não podem orientar, os pets muitas vezes preferem pequenas áreas fechadas. Fornecer um lugar seguro dentro de casa é sempre a melhor opção. Prepare um cantinho para ele, coloque ração, água e uma caminha para ele deitar. Deve ser um lugar que você possa fechar para evitar que o animal saia correndo pela casa, se ferindo e destruindo os móveis.

4. Ligue a televisão ou o ventilador

As vezes o som da televisão ou do ventilador ajuda a abafar o barulho dos fogos lá fora.

5. Mantenha as janelas fechadas

Se possível, mantenha as janelas e cortinas fechadas. Isso também irá ajudar a parar os flashes de luz que afetam o seu animal de estimação. A remoção de estimulação visual também ajuda acalmá-los.

6. Mantenha a calma

Mantenha a calma e projete essa confiança para o seu pet. Lembre-se que os cães e gatos são peritos em linguagem corporal e vão saber se você estiver só fingindo estar calma.

7. Fique perto

Fique de olho no seu animal de estimação e mantenha-se por perto dele, se possível. Você pode distrai-lo e acalma-lo, evitando que ele fique com tanto medo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


8. Evite deixá-los sozinhos

Se possível, evite deixar seu pet sozinho em casa em dias que provavelmente soltarão fogos de artifício. A companhia dos donos gera mais confiança para animais domésticos, principalmente quando eles estão com medo de alguma coisa.

9. Coloque algodão no ouvido do animal

Coloque um algodãozinho no ouvido do cachorro para que ele não escute com tanta intensidade o barulho.

10. Olhe o portão da sua casa

Confira o portão da sua casa. Essa atitude é importante pois muitos pets, quando estão com medo no momento dos fogos, fogem.

11. Consulte um veterinário

Se o seu pet fica com medo exagerado de fogos e até passar mal, converse com o seu veterinário sobre o problema. Em casos extremos, o profissional responsável pode prescrever um tranquilizante para que o cachorro mantenha a calma. Jamais medique o seu pet por conta própria!

Técnica de Amarração com Pano Tellington Touch promete ajudar seu Pet à encarar os medos

Existe uma técnica para amenizar o sofrimento dos peludos, se chama Tellington Touch e foi criada baseada na informação de que animais com esse histórico de medo também possuem sensibilidade nas regiões traseiras, patas e orelhas. A técnica se trata de uma amarração com pano ou bandagens que pressiona suavemente o corpo do animal estimulando a circulação sanguínea das regiões extremas e ameniza as tensões diminuindo sua irritabilidade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Veja como fazer a técnica de amarração para acalmar seu pet:

Amarre seu cachorro de forma que a faixa englobe peito e dorso (formando um oito), finalize dando um nó na região traseira, mas certifique-se que não esteja exatamente sobre a coluna. Nem pode estar muito apertado.

Conforme o corpo sente a pressão das faixas, sua psique e tronco entram em harmonia, fazendo com que o pet sinta-se mais seguro e possa enfrentar momentos que lhe causavam medo e pavor. Muitos profissionais indicam a técnica e dizem que a mesma funciona, mas não pode ser considerada como a salvação, nem garante que o pet vai ficar tranquilo, apenas vai ter menos medo da situação, depende muito do nível de fobia que o animal possui e isso varia de acordo com cada pet.

Por fim, vale ressaltar que os animais são hiper sensitivos, então é importante você também se acalmar e agir com segurança para evitar de passar a sua tensão para o pet. Colocar o peludo no colo e ficar nervoso antecipadamente só vai intensificar o medo do seu cão ou gato.

Então esperamos que as dicas colaborem para o seu amiguinho enfrentar os fogos de artifício e rojões com tranquilidade ou pelo menos com menos pavor!

Siga o BDF na rede

         

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
X

Send this to a friend