Outubro Rosa Pet alerta para câncer de mama em cadelas e gatas

Outubro Rosa Pet alerta para câncer de mama em cadelas e gatas

O câncer de mama, doença alvo da campanha Outubro Rosa, também atinge os animais de estimação

Cadelas e gatas também podem ter câncer de mama, doença que está aumentando entre os pets. Prevenção e detecção precoce são a chave do sucesso do tratamento. A campanha Outubro Rosa Pet tem como objetivo o incentivo do diagnóstico precoce de câncer de mama para melhorar as chances de tratamento e cura em cadelas e gatas. O tratamento para o animal é bem parecido com o utilizado para o ser humano explica a médica veterinária Aline Daudt.

Uma das causas da doença é a suscetibilidade das fêmeas às alterações hormonais. O Conselho Federal de Medicina Veterinária estima que o câncer de mama atinga cerca de 45% das cadelas e 30% das gatas. Nos machos, a incidência é bem menor, embora possam ser afetados.

Prevenção
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


A castração não acaba completamente com os riscos de que o problema se desenvolva, embora seja a melhor forma de prevenção, já que diminui consideravelmente as chances desta e de muitas outras complicações ao longo da vida dos pets.

Outra medida importante de prevenção é a visita semestral ao veterinário. Com o check-up realizado pelo veterinário, certamente ajuda no diagnóstico precoce da doença, o que possibilita um tratamento mais eficaz e aumenta a chance de cura e recuperação. Se você notar qualquer carocinho ou nódulo em sua pet, é fundamental  levá-la a um veterinário.

Fique atento aos seguintes sintomas:

  1. Caroço na região das mamas
  2. Inchaço
  3. Dor
  4. Secreção
  5. Odor desagradável
  6. Feridas
  7. Falta de apetite
  8. Vômito
  9. Apatia
Tratamento

Caso seja encontrado um tumor maligno, o tratamento pode ser realizado com cirurgia, radioterapia, quimioterapia ou eletroquimioterapia porém, a cirurgia e a quimioterapia são os meios de tratamento mais utilizados. Assim como nos seres humanos, a quimioterapia tem efeitos colaterais nos animais (como náusea, apatia e perda de peso, entre outros), só que neles, são menos intensos do que os sofridos por humanos que passam por esse tratamento.

Atendimento de baixo custo

Pensando no cuidado de prevenção, que a Clínica Veterinária da Faculdade Icesp, em Águas Claras, está realizando o Outubro Rosa Pet. Durante todo o mês, haverá campanhas de conscientização. A médica veterinária Aline Daudt, responsável pela clínica, explica como serão os atendimentos:“Vamos atender os animais na rotina e enfatizaremos a avaliação das mamas. Caso sejam detectadas tumorações, indicaremos o tratamento necessário”, conta. Todos os serviços prestados são de baixo custo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

A campanha tem como objetivo o incentivo do diagnóstico precoce para que o tratamento do câncer seja satisfatório. “Há pessoas que procuram o veterinário apenas quando percebem tumores feridos nas mamas das cadelas e gatas. O ideal é sempre fazer exames de prevenção nos animais”, alerta Aline.

Natália Kosse tem uma poodle de 12 anos, e sempre leva a cadela para exames  na clínica. Nega foi diagnosticada com o câncer de mama e começou, então, o tratamento. “Nós tivemos que retirar a mama dela, mas hoje ela está bem, se recuperando, mesmo tendo que tratar uma outra doença endócrina, que baixa a imunidade do animal. É uma cadela alegre, forte e sempre brincalhona”, conta a tutora.

Conheça alguns alimentos que podem ajudar você a prevenir o câncer em seu cachorro

Maçã

Pesquisa aponta que em testes com cães a maçã mostrou um excelente resultado no bloqueio do angiogênese, mecanismo responsável pela reprodução de novos vasos sanguíneos. A fruta faz muito bem para o animal, ofereça e veja se ele gosta.

Banana

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


A banana é um alimento rico em antioxidantes, além de ajudar na prevenção do câncer em cachorros, atua no combate as doenças cardíacas, que também podem afetar o animal.

Abóbora

Fonte de fibra, betacaroteno e vitamina A, a abóbora é um alimento bastante nutritivo para os animais. Você pode oferecer cozida, misturada com a ração ou em pedacinhos crus, eles costumam gostar bastante.

Batata doce

Rico em fibra, magnésio e betacaroteno a batata doce pode ser ofertada ao bicho sem medo, além de ser benéfica para a saúde das gengivas do pet.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Cenoura

A cenoura é também fonte de betacaroteno, vitamina A e inúmeros nutrientes saudáveis para o cão. Por ter uma consistência mais firme ajuda na limpeza dos dentes e a maioria dos cachorros costumam adorar. Ofereça crua e veja o que o seu bichinho vai achar do petisco.

Mirtilo

A fruta é detentora das células cancerígenas com o auxílio do antioxidante chamado ácido elágico. Rica em antocianinas diminui a reprodução das células e age no combate a formação do tumor.
Aposte nos alimentos de coloração alaranjada e vermelha

Cúrcuma

Também conhecido como açafrão da terra, o alimento é excelente na prevenção do câncer em animais, graças a presença da curcumina, pois age contra a formação dos tumores.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Gengibre

Age não só no combate ao câncer entre os humanos, como também atua na prevenção dos tumores entre os bichinhos (cães e gatos) com o auxílio do gingerol.

Cereja

Como a maioria dos alimentos de coloração avermelhada a cereja atua na formação dos tumores nos cachorros. É considerada um alimento antiangiogênico, assim como a maçã.

Cominho

Quem diria que o tempero seria saudável para os cães? Estudos avaliaram que o óleo da semente do cominho ajudou na prevenção do crescimento das células cancerígenas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

Pimentão vermelho

Fonte de xantofilas, o alimento é potente em propriedades anticancerígenas, além de contribuir no fortalecimento da imunidade do animal.

Alecrim

A planta é um remédio natural no tratamento do câncer, úlceras e problemas gástricos, benefícios associados a presença do ácido rosmarínico.

 

Siga o BDF na rede

         

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
X

Send this to a friend