Como anda a nossa Literatura?

Literatura
Texto de autoria de Elias Daher, colunista da coluna LiterArte de setembro de 2016 a junho de 2017

Há algum tempo, um senador criticou os escritores: “Vocês não sabem o poder que tem”, disse ele, afirmando que os jornalistas, que escreviam em periódicos eram muito mais temidos do que os escritores, que registravam suas ideias em livros, cuja duração e a validade era bem maior.

Quantos livros já mudaram a vida das Pessoas? Herman Hesse, Hemingway, Huxley, Orwell Llosa, Garcia Marquez influenciaram o mundo muito mais do que o Rock and Roll ou os Beatles. Com o passar dos anos, esta revolução silenciosa conta com cada vez menos revolucionários, menos militantes. Há cada vez menos gênios escritores, e talvez não seja porque eles não estão sendo formados… é provável que eles apenas não têm tido a oportunidade de mostrar sua arte.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Precisamos admitir que o livro é um produto, e como tal, precisa encontrar (e encantar) seu público. Desta forma, a Literatura prospera. O governo pode atuar, criando algum glamour em torno deste produto. Quantos músicos apareceram na época dos festivais? Era uma oportunidade de se tornar conhecido, de ganhar algum dinheiro, de obter o sustento através da arte. Hoje em dia essa oportunidade se resume aos realitys.

As notícias na mídia são igualmente sofríveis: Atriz famosa lança seu primeiro livro e outra atriz famosa vai prestigiar.  Nenhuma referência à qualidade da obra, mas sim, ao fato da autora ser uma pessoa famosa. Infelizmente é assim que muitas colunas literárias funcionam.

Os concursos literários, por sua vez, estão comprovadamente viciados ou equivocados por regras inconsistentes, e coincidentemente, estão premiando sempre os mesmos. Os mesmos autores, as mesmas editoras. Coincidência ou corrupção?

Não falta investimento…

… falta um pouco mais de inteligência para investir

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

BDF na Rede

         

Sobre o Colunista

Paulo Souza, 28 anos, produtor cultural, editor e escritor. Possui publicado o livro ‘Ponto para ler contos’ (Kindle, 2016) e participou da ‘Antologia Sombria’ (Empíreo, 2017) e vários contos disponíveis no blog Ponto Para Ler. É criador e editor chefe do Ponto Para Ler e seu respectivo canal no YouTube em parceria com a Animars Produções.
Nasceu e vive em Brasília, cidade que ama.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Dezembro, 2017

Filtrar eventos

16dez(dez 16)22:0017(dez 17)22:00Festa das Patroas Brasília com Maiara & Maraisa e Marilia Mendonça

PUBLICIDADE
X

Send this to a friend