A Biblioteca Demonstrativa de Brasília

Biblioteca Demonstrativa
Texto de autoria de Elias Daher, colunista da coluna LiterArte de setembro de 2016 a junho de 2017

A Biblioteca Demonstrativa de Brasília – BDB – é vinculada à Fundação Biblioteca Nacional/ Ministério da Cultura e faz parte da história cultural de nossa cidade. Foi criada em 1969 pelo ministro Jarbas Passarinho e oficialmente inaugurada em novembro de 1970, já incorporada ao Instituto Nacional do Livro – INL.

A Instituição também conhecida como Biblioteca Maria da Conceição Moreira Salles, ficou conhecida como um importante centro de leitura e estudos, chegando a atender mais de 1500 pessoas por dia. Podemos creditar o sucesso ao trabalho incansável de sua Diretora Maria da Conceição, falecida em 2012.

Em maio de 2014, a biblioteca foi interditada pela Defesa Civil devido a infiltrações na estrutura e risco de desabamento curto-circuito na instalação elétrica ou incêndio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


A reforma do prédio foi atrasada por desencontros políticos, pois em setembro de 2014, a Biblioteca Demonstrativa foi desvinculada da Fundação Biblioteca Nacional para se subordinar ao Ministério da Cultura.

Houve até dispensa de licitação para a realização de obras emergenciais, mas nem isso acelerou a reabertura da Biblioteca. A previsão inicial era para o segundo semestre de 2016.

É, sem dúvida, parte da tradição cultural de Brasília. Na época de sua interdição, artistas promoveram um abraço simbólico ao prédio para chamar a atenção das autoridades, sem sucesso.

Além de atuar no segmento dos livros, a Biblioteca Demonstrativa sediou outras atividades culturais, como apresentações de músicos e poetas, trabalho voluntário para dar qualidade de vida a idosos, tudo gratuito e aberto à comunidade.

Uma experiência bem sucedida que pode ser creditada aos vários anos de dedicação e talento de sua Diretora.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

Serviço

Biblioteca Demonstrativa de Brasília – BDB
Entrequadra Sul 506/507

Asa Sul, Brasília – DF

BDF na Rede

         

Sobre o Colunista

Paulo Souza, 28 anos, produtor cultural, editor e escritor. Possui publicado o livro ‘Ponto para ler contos’ (Kindle, 2016) e participou da ‘Antologia Sombria’ (Empíreo, 2017) e vários contos disponíveis no blog Ponto Para Ler. É criador e editor chefe do Ponto Para Ler e seu respectivo canal no YouTube em parceria com a Animars Produções.
Nasceu e vive em Brasília, cidade que ama.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Novembro, 2017

Filtrar eventos

24nov(nov 24)09:00(nov 24)09:00FILE - Festival Internacional de Linguagem Eletrônica

25nov(nov 25)09:00(nov 25)09:00FILE - Festival Internacional de Linguagem Eletrônica

25nov(nov 25)21:00(nov 25)21:00Victor e Léo

26nov(nov 26)09:00(nov 26)09:00FILE - Festival Internacional de Linguagem Eletrônica

27nov(nov 27)09:00(nov 27)09:00FILE - Festival Internacional de Linguagem Eletrônica

28nov(nov 28)09:00(nov 28)09:00FILE - Festival Internacional de Linguagem Eletrônica

Mostrar mais eventos
PUBLICIDADE
X

Send this to a friend