Merchandising: Quando o ridículo na política, ultrapassam os limites

Merchandising: Quando o ridículo na política, ultrapassam os limites

Descriminação, homofobia ou golpe de Marketing?

“Enquanto eu for intendente, este tipo de artigo não será vendido. Essa comunidade é pró-vida, pró-família”, vociferava a repórteres a prefeita de Ciudad Del Este, Sandra Zacarias, a mesma que mandou fechar a Loja no Paraguai por alegar que ela estava vendendo bonecas trans. À frase de efeito e politiqueira esta sendo capa de manchete de vários e importantes veículos de informações do Brasil e do mundo.

A fala da prefeita acima tem um tom Arlequiano, um gesto bem bufônico, bem aos moldes renascentistas. Este colunista retorna ao tema em respeito aos seus leitores por ter no Portal Brasília de Fato à seriedade das noticias por ele pautadas. Noticiamos que a loja não fora fechada e de fato não fora, a proprietária apenas abaixou as portas para evitar tamanho tumulto dentro do seu estabelecimento, haja vista a quantidade de políticos, oportunistas e repórteres que acompanhavam bufônicamente aquela procissão para cassar o bingolin da boneca! Ontem de fato ela amanheceu lacrada por outros motivos alegados, Mais, êpa, eu disse boneca? Não amigos, após ver e rever o vídeo postado por nós sobre o embate, algo nos chamou atenção, não são bonecas e sim bonecos do gênero masculino que foram embaladas em caixas erradas de cor, rosa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Eis ai o crime! Ao batermos atentamente os olhos no vídeo constatamos as trapalhadas daqueles que se intitularam em nome da moral e dos bons costumes para perceberem o quanto bufão eles foram. Pareciam mais o Arlequim, Servidor de dois amos, uma peça genial do Italiano Carlo Goldoni.

Boneca transgênero “I Am Jazz” (esq.) e a boneca “vítima da discórdia” (dir.)

O boneco ou “tal” boneca trans desembaladas da caixa pela tropa de choque moralista não tinham nada de trans como as fotos divulgadas nas reportagens, inclusive por nós também, descubro depois que o boneco agora boneca trans fora maquiada e numa armação feita por alguém, até suspeito não se aperceberam que deram um puta tiro no pé, os zóinhos pequenos enxergam longe, pensei. O boneco vendido a preço de $6 dólares por estar embalada em caixa errada, rosa, como se a cor determinasse hoje o conceito de gênero, tinha o seu preço original de $12 dólares, não era falsificada (coisa rara no comércio da Prefeita moralista) que ao meu ver, escorregou numa casca de banana a interesse de alguns de olhos bem puxadinhos neste comércio.

A receita foi muito simples e manjada e muito usada até hoje por grandes veículos de comunicação, velha, mais funcional. Para divulgar a “tal” boneca trans (original na foto acima), você pega um consumidor, articula com as carolas e evangêlicos e faz o ôba-ôba, Bingo! Receita de sucesso. Hoje a boneca é mais conhecida do que nunca e te garanto que os chineses devem estar neste momento fabricando elas aos montes para entupir as lojas, pois a ingenuidade (se é que existiu) ou o planejamento, a fez ficar famosa, a cena bufônica então teve o seu preço e não foi de graça. Muitos dos nossos leitores, assim como eu, nem sabia da existência da tal boneca, mais ela de fato existe sim e fora confeccionada nos Estados Unidos pela Hypeness . “Pouco a pouco as fabricantes de brinquedos estão se dando conta de que crianças precisam crescer livre de estereótipos ultrapassados.

Com isso, bonecas estão se  tornando inspiradoras e ganhando cores de pele e tipos físicos variados. Esta nova e indispensável abordagem preza pela representatividade, quebra de padrões de beleza e não faz segregação de gênero. Agora mais um modelo está chegando ao mercado abraçando totalmente a diversidade. A primeira boneca transgênero será lançada no dia 18 de fevereiro na feira de brinquedos internacional de Nova York.’ Foi o mote de divulgação da empresa ano passado criando vários reboliços no meio de grupos espirituais nas redes sociais, minha esposa já havia me chamado atenção sobre estes fatos onde eu dei importância zero a época e hoje escrevo duas matérias,. Daí ficou óbvio demais concluir, perceberam o porque da China cresce acima de 6% ao ano?

BDF na Rede

         

PUBLICIDADE

Julho, 2018

Filtrar eventos

26jun(jun 26)14:0005ago(ago 5)01:00Abertura Brasília Ice Park

30jun(jun 30)18:0009set(set 9)00:00Na Praia ° 2018

21jul(jul 21)20:0022(jul 22)08:00Low Club - Edição Férias em Dubai

27jul(jul 27)22:0028(jul 28)04:00Mumuzinho em BrasíliaDallas Bar

28jul(jul 28)23:4529(jul 29)03:00Capital Inicial em Brasília/DF - Capital Moto Week 2018

PUBLICIDADE
X

Send this to a friend