Foz do Iguaçu tem saldo pequeno na Geração de Empregos – Perolitas Iguaçuenses IV

Foz do Iguaçu tem saldo pequeno na Geração de Empregos - Perolitas Iguaçuenses IV

CAGED confirma recuo de empregos em Foz

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Cidades como Palotina, Medianeira e Toledo tiveram desempenho melhores que Foz do Iguaçu na contratação de novos empregos, mas isto tem uma explicação. Envolvida nos últimos anos e agora nos últimos dias com escândalo de corrupção, empresários recuam na contratação e consequentemente o baque aparece. O setor de turismo manteve o mesmo número de profissionais envolvidos apesar de um número significativo de turistas, setor extremamente concentrado nas mãos de alguns. Mas a cidade não pode ficar a mercê desta sazonalidade e não temos nada a comemorar, olhando os dados do CAGED/MTb.

E o Concurso?

Fruto de matéria positiva e também negativa, a Prefeitura de Foz do Iguaçu ainda não se pronunciou no caso da DISPENSA da Licitação do Concurso tendo como pano de fundo a FUNDATEC – Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências. Nas redes sociais, um importante escritório de Contabilidade da cidade preocupado com a repercussão da DISPENSA DE LICITAÇÃO, teceu seus comentários a respeito. Faz a licitação pessoal para não gerar duvidas, vamos moralizar!

Detran de Foz; confuso não?

Palco no passado por corrupção e até de afastamento do seu diretor geral, o Detran de Foz do Iguaçu tem um “Modus Operandis” no mínimo, “meio confuso”. Ao deixar um amigo hoje lá notei de longe o sufoco de uma jovem ao fazer a sua baliza no pátio. Fiquei observando e vi quando o carro saiu da baliza e foi em direção a uma faixa. Segundos depois, uma mulher se dirigiu a jovem e ordenou pra que ela saísse do carro, aquilo me chamou a atenção. A pobre da menina de cabeças abaixada dirigiu-se até um rapaz, seu instrutor. A curiosidade da cena despertou-me o interesse e fiquei aguardando a jovem na saída, algo me dizia que eu teria uma bela reportagem.

Ainda sobre o Detran

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

Ao abordar a jovem na saída, perguntei o que havia acontecido. Ela me relatou que tinha colocado o carro na baliza, porém a roda dianteira havia ficado um pouco em cima da faixa. A examinadora vou aqui poupar-lhe o nome, perguntou se ela não queria colocar novamente o carro. A jovem, obediente e insegura como todos nós que tiramos a nossa carteira primeira vez inclusive ela e fruto do nervosismo normal e natural nestes exames, interrompeu o seu exame ao toque do cronômetro. Mas como assim? A jovem me confidenciou que ela tinha 5 minutos para fazer a “tal” da baliza cronometrada. Me poupe!

Neste angu, tem caroço!

Logo em seguida encostou um rapaz que se encontrava na sua quinta tentativa, ops! Re-teste R$ 260,00 e aula na auto-escola R$ 78,00, tem algo de errado. Temos que ver o índice pessoas que passam no exame porque hoje pela manhã coincidentemente, foi 100% de reprovação, fiquei sabendo por este rapaz. Tem algo de errado que deve ser investigado, ou esta errado o Detran ou as auto-escolas não tem capacidade, ou…. Este mesmo rapaz nos confidenciou coisas impublicáveis a este jornalista recém chegado em Foz a respeito do processo. Mas se o índice de reprovação for acima de 50%, cabe uma denuncia ou ao MPF investigar este “Modus Operandis” e verificar se não estão enviando alunos sem capacidade para a reprovação, porque isto tem nome, extorsão. Mas vou pautar esta matéria para depois do Carnaval e saber do diretor do Detran o quantitavo de aprovados x reprovados das auto-escolas nos últimos meses em Foz. Mas algo me diz, tem caroço neste angu, pois a jovem era a sua segunda tentativa e na primeira, ela havia feito a baliza de primeira e fora reprovado no trânsito por esquecer-se de dar uma seta numa determinada rua, como se ela a examinadora daquele dia NUNCA tivesse esquecido no início da vida de motorista de dar uma seta, mas para a minha surpresa! A examinadora do seu primeiro teste, a mesma que cronometrou Fitipaldamente o processo de hoje na baliza, era a mesma do seu primeiro teste onde ela colocou o carro de primeira na baliza!

Empresas no Paraguai

Em dezembro A Folha de São Paulo noticiou que a cada 10 empresas instalados em 2017 no Paraguai, 7 seriam empresas brasileiras e Foz do Iguaçu poderia ter escritórios de várias delas por aqui, mas não vai acontecer isto, apenas usarão o Aeroporto para embarque e desembarque. Fica a dica!

BDF na Rede

         

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Fevereiro, 2018

Filtrar eventos

23fev(fev 23)23:0024(fev 24)06:00Shed Bar com Naiara Azevedo

24fev15:0023:00Bloquinho Adocica Meu Amô com Atitude 67

24fev(fev 24)22:0025(fev 25)03:00Discoteca

24fev(fev 24)22:0025(fev 25)05:00Xande de Pilares -Bamboa

X

Send this to a friend