De grampo em grampo, o quebra cabeça é montado

Os últimos dias demonstram que a deputada Liliane Roriz, como um gato, possui sete vidas e já gastou todas. De quebra, a distrital arrasta consigo para o buraco figuras importantes que ombrearam com a parlamentar vários anos de vida pública.

Liliane já foi condenada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-DF) a 4 anos, 5 meses e 8 dias de prisão em regime semiaberto, além de multa de R$ 32,4 mil — o equivalente ao valor de 60 salários mínimos em 2011. A deputada é acusada de compra de votos e fraude eleitoral na disputa de 2010. Como cabia recurso, recorreu ao TSE.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Hoje em dia, o que estarreceu a classe política e toda a sociedade foi o fato de a deputada usar o “velho jeitinho” para mais uma vez se beneficiar do dinheiro público ao colocar toda influência junto a iniciativa privada para asfaltar a estrada de sua fazenda em Luziânia.

O Ministério Público de Goiás e parte da Câmara Legislativa pedem uma apuração rigorosa. Se não bastasse todo esse imbróglio na área rural, agora a deputada também se vê as voltas com novidades do escândalo da operação Drácon.

Conversas grampeadas mais uma vez colocam o até bem pouco tempo atrás principal assessor de Liliane, José Flávio Oliveira, no olho do furacão da operação Drácon. Vale lembrar que Liliane Roriz grampeou vários parlamentares falando sobre um suposto esquema de propina em troca de emendas parlamentares e inclusive entre as conversas grampeadas por Liliane Roriz trata da ida de José Flávio de Oliveira para o governo de Rodrigo Rollemberg.

Com isso, José Flávio, que ocupa hoje o cargo de Secretario de Assuntos Legislativos do GDF, mais uma vez vem a baila, colocando dentro do Palácio do Buriti um escândalo que promete dar muita dor de cabeça ao governador Rodrigo Rollemberg.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

Uma história digna de cinema, em tempos de pré Lava Jato flagrou José Flávio grampeando Alexandre Braga Cerqueira e o então deputado, Aylton Gomes, em plenas negociações com a firme missão de salvar o pescoço de Liliane Roriz no conselho de Ética da Câmara Legislativa do DF, em troca de propina.

Essas gravações complicam de vez a vida do Secretário de Assuntos Parlamentares, José Flávio, e provam de vez o envolvimento da deputada Liliane Roriz no esquema de desvio de verbas indenizatórias através de notas frias e maquiadas.

Há quem diga que esses e vários outros áudios bombásticos estão em poder do Ministério Público, ou seja, mais dia, menos dias surgirão novas fitas.

BDF na Rede

         

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Dezembro, 2017

Filtrar eventos

16dez(dez 16)22:0017(dez 17)22:00Festa das Patroas Brasília com Maiara & Maraisa e Marilia Mendonça

X

Send this to a friend