Delmasso, o Hétero 

No país da piada pronta, seria cômico se não fosse trágico. A busca por holofotes na mídia faz com que políticos percam o senso, até mesmo do ridículo.

No ostracismo desde que perdeu a liderança do governo na Câmara Legislativa do Distrito Federal, o distrital Rodrigo Delmasso pesou na mão e passou a ser alvo de piada pelos corredores da Casa ao criar o Projeto de Lei que cria a da Difusão da Cultura Heterossexual em Brasília.

O parlamentar que já brilhou ao se posicionar e aprovar uma lei que permite o uso do canabidiol na Capital da Republica afirmou que já sofreu preconceito por ser hétero e que é preciso debater e combater a discriminação contra as pessoas heterossexuais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O presidente do Conselho de Direitos Humanos do Distrito Federal e representante da Aliança Nacional LGBTI no DF, Michel Platini, diz que não é contra criação da semana, mas argumenta que dias pela valorização de homossexuais, assim como de pessoas com deficiência, surgiram porque existe discriminação contra esses grupos.

A proposta ainda tem de passar por quatro comissões antes de chegar ao Plenário. Ao que tudo indica, Delmasso alcançou o objetivo com sucesso, o tema viralizou e se tornou assunto nas redes sociais.

Falta combinar com as famílias que perderam seus entes queridos por assassinatos por conta da homofobia. Para se ter uma ideia, até o dia 20 de setembro, 277 homicídios foram registrados por homofobia no País.

BDF na Rede

         

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Dezembro, 2017

Filtrar eventos

16dez(dez 16)22:0017(dez 17)22:00Festa das Patroas Brasília com Maiara & Maraisa e Marilia Mendonça

X

Send this to a friend